Lição de fofura: os irmãos Henrique (11) e Julia Tartarotti (9) têm aulas de Educação Financeira DSOP no Colégio Clara Suíter. Eles contam, com suas próprias palavras, que “aprenderam bastante sobre economizar”, se ajudam e até emprestam dinheiro um para o outro.

“No futuro quero comprar um carro, pagar minha faculdade e comprar meus livros da faculdade”, conta Henrique enquanto Júlia explica: “a gente sempre junta para quando quisermos alguma coisa – que seja útil – usarmos o nosso dinheiro”.

 

Clique e baixe o eBook gratuito: 5 fatores para ter educação financeira no colégio!

 

Assista ao vídeo lição de fofura:

 

 

Famílias notam resultados

Por conta dos resultados positivos sentidos nos lares, cresce nos últimos anos o número de escolas em todo o país que adotam o Programa DSOP Educação Financeira nas Escolas. Pesquisa indica que 100% das crianças e jovens que recebem educação financeira na escola, participam das discussões relacionadas às finanças da família em casa.

Esse é um dos dados da 1ª Pesquisa de Educação Financeira nas Escolas, realizada em parceria entre o Instituto de Economia da UNICAMP, por seu Núcleo de Economia Industrial e da Tecnologia (NEIT), o Instituto Axxus e a Abefin.

Ela também aponta que a grande maioria (71%) dos alunos que têm aulas sobre o tema nas escolas ajudam os pais a fazerem compras conscientes. A pesquisa foi relaizada com 750 pais/responsáveis de cinco capitais brasileiras, Recife, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia e Vitória.

 

 

 

DEIXE SEU E - MAIL E RECEBA CONTEÚDOS EXCLUSIVOS