DSOP Educação Financeira Saiba como organizar finanças para começar 2017 com pé direito

Para estruturar o orçamento, é essencial anotar todas as receitas e despesas previstas para o mês

O ano novo já está batendo à porta mas, para muitos, as dívidas geradas em 2016 ainda vão perdurar até o ano seguinte. Para os educadores financeiros, porém, ainda dá tempo de colocar as finanças em dia e reorganizar as despesas para iniciar 2017 bem.

“É possível se recuperar financeiramente, mas é preciso abrir mão de algumas coisas. Neste ano, no Natal e no Réveillon, por exemplo, a gente tem que se planejar antes de ir para a rua comprar para a ceia e presentes. Busque pensar com criatividade. Tente fazer substituições para fazer com que o orçamento renda”, afirma Lorena Milaneze, educadora financeira da DSOP.

Antes de qualquer coisa, é importante colocar todo dinheiro ganho e gasto para ter um diagnóstico da situação financeira. Isso é o que explica José VIgnoli, do Portal Meu Bolso Feliz.

“Quando a gente fala em dívida, é também o que tem de carnê pendurado e parcelas em aberto no cartão de crédito. Muitas vezes as pessoas acham que dívida é o que você deixou para pagar, mas é, principalmente, o que você ainda tem para pagar. Só assim, a partir disso ela vai se reorganizar”.

Orçamento

Para estruturar o orçamento, é essencial anotar todas as receitas e despesas previstas para o mês, incluindo também os valores extras. “Às vezes tem um cafezinho ou um pão de queijo que a pessoa acha que não deve considerar, mas os pequenos devem ser contabilizados. Muitas vezes eles têm um impacto grande e a pessoa não percebe”, diz Marcus Vialta, proprietário ConsigPlan.

Quanto às dívidas, saiba exatamente para quem e o que está devendo. “Por exemplo, uma empresa que pode cortar o serviço prestado em caso de inadimplência exige rápida quitação. Além disso, é importante checar qual o valor de juros e multas cobrados para quem paga depois do vencimento”, conta ele.

Aproveite ainda a oportunidade para negociar as dívidas. Os credores geralmente têm interesse em dar um desconto nas multas e juros desde enxerguem a intenção de quitar as dívidas.

Alternativas

Na hora de ir às compras, impor limites e usar a criatividade são dicas-chave. “Respeite os limites que você se auto impôs independentemente dos outros. Não é por causa do que eles vão achar ou dizer que você vai ficar com as suas finanças em desordem”, aconselha Vignoli.

Segundo Lorena Milaneze, este é o momento de ser criativo. “Muitos conseguem fazer uma renda extra, além das férias e do 13º. Busque a criatividade. E não se esqueça de levar sempre em conta os compromissos financeiro do início do ano”, conclui.

Fonte: http://www.correio24horas.com.br/single-economia/noticia/saiba-como-organizar-financas-para-comecar-2017-com-pe-direito/?cHash=1b638569174b9387851ce663d79092d5

DEIXE SEU E - MAIL E RECEBA CONTEÚDOS EXCLUSIVOS