Você já pensa na sua aposentadoria? Pode parecer cedo demais, mas é fundamental começar o quanto antes a se preparar para a velhice. Afinal, como você irá se sustentar quando chegar à melhor idade?

DSOP Educação Financeira Você está se preparando para ter a sua aposentadoria sustentável?

Se você ainda não se preocupa com isso, saiba que você faz parte de uma estatística preocupante: No Brasil, só 4 em cada 100 pessoas poupam para a aposentadoria. Em um levantamento feito pelo Banco Mundial em 143 países, o nosso está na 12º pior condição.

Mude seus hábitos com relação ao dinheiro! Participe do Curso DSOP de Educação Financeira e tenha mais qualidade de vida!

“Este hábito de pensar apenas de forma imediatista precisa ser superado, dando espaço ao planejamento para curto, médio e longo prazo”, aponta o PhD em Educação Financeira, Reinaldo Domingos. “Isso é uma questão cultural, mas não significa que seja impossível mudar. Precisamos pensar na aposentadoria o mais cedo possível para, assim, não passar por perrengues no futuro, principalmente agora, com as reformas da Previdência”.

Domingos passa abaixo 6 orientações para mudar este comportamento. Confira:

1 – Pense no padrão de vida que deseja ter quando se aposentar e no que você tem feito para conquistá-lo. Garantir a sua tranquilidade e sustentabilidade financeira no futuro deve ser uma de suas prioridades hoje, em seu período produtivo de trabalho;

2 – Defina com quantos anos você deseja se aposentar e o quanto quer receber mensalmente. Neste valor, considere as prováveis despesas, as atividades que deseja fazer e os sonhos que deseja conquistar no período;

3 – Entenda que você precisa acumular um capital que renda o dobro do que deseja ter mensalmente. Por exemplo: caso deseje obter dessa aposentadoria privada R$ 2 mil por mês, seus investimentos precisarão render R$ 4 mil por mês. Assim, você saca metade e deixa a outra metade rendendo, para que o dinheiro se recapitalize e se preserve. Elaborei uma planilha que faz esse cálculo automaticamente, basta incluir suas informações. Acesse aqui.

4 – Comece a poupar todos os meses para atingir essa meta conforme o planejamento. Quanto mais cedo começar, melhor, pois poderá escolher uma estratégia entre ou poupar um valor menor mensalmente ou poupar um valor maior, ser mais agressivo e adiantar a conquista da independência financeira;

5 – Caso tenha dificuldades para poupar, oriento que faça um diagnóstico financeiro por 30 dias, anotando todas as suas despesas, separando por categorias como alimentação, transporte, vestuário, educação, guloseimas, etc. Assim reconhecerá o seu comportamento financeiro e saberá quais hábitos pode mudar para diminuir ou eliminar despesas e conseguir poupar para a aposentadoria. O sonho da independência financeira é algo que irá te mover e te motivar, mas além dele você pode estabelecer outros, de curto e médio prazo, e fazer poupanças diferentes.

6 – Invista o valor poupado para a independência financeira em fundos adequados para sonhos de longo prazo, como Previdência Privada e Títulos do Tesouro Direto. Como essa é uma reserva muito importante, fruto de anos de trabalho, caso queira diversificar em investir em ações, é aconselhável destinar apenas cerca de 10% para essa modalidade, considerando o alto risco da aplicação.

DEIXE SEU E - MAIL E RECEBA CONTEÚDOS EXCLUSIVOS