As famílias brasileiras na sua grande parte, nos últimos tempos têm sido seduzidas pela oferta fácil de crédito por parte dos bancos, administradoras de cartões de crédito e financeiras, incentivadas por uma política governamental que visa manter aquecida a economia do País.

Muitas delas usam o crédito para rolar uma dívida anterior, outras para consumir mais ou ainda, para complementar a renda até o fim do mês. Seja num caso ou noutro, num primeiro momento contraem nova dívida para pagar anteriores e no futuro próximo, têm como consequência a inadimplência e acabam negativadas, com o “nome sujo na praça”.

Isso traz para dentro de casa um sério problema. Muitas famílias se desunem quando o
problema financeiro se instala no lar. Por outro lado, quando não destrói por inteiro a família, traz sérios problemas de relacionamento, brigas, desentendimentos, acusações mútuas, mágoas, etc.

Tudo se dá porque até então as pessoas não foram educadas para lidarem com o dinheiro. Se houvesse educação financeira para nossas crianças desde cedo, estas cresceriam com conhecimento prático e saberiam usar o crédito como um aliado na realização de sonhos e não como um vilão da forma que hoje vivenciamos.

Para nossa alegria, já existe remédio para esse mal instalado na sociedade. Há algum
tempo temos o educador e terapeuta financeiro Reinaldo Domingos, o qual levantou a bandeira da Educação Financeira como meio de orientar as famílias a saírem das dívidas e ainda realizarem todos os sonhos utilizando a organização financeira e priorizando os sonhos.

Posso assegurar que a Metodologia DSOP funciona por ser baseada em comportamentos que devemos ter no dia a dia envolvendo questões financeiras práticas, e não somente com a adoção de planilhas de controles orçamentários sem um objetivo maior, que é o alcance dos SONHOS.