Quando falamos de investimentos de longo prazo, devemos considerar a previdência privada e os Títulos do Tesouro como sugestões disponíveis, dentre outros tipos de investimentos. Mas afinal, entre os dois, qual é o melhor? Muitas pessoas me questionam sobre o assunto.  minha resposta começa com a seguinte pergunta: Você tem disciplina financeira?

Se a resposta for positiva, ou seja, quando você se compromete a guardar uma parte dos seus rendimentos mensalmente e cumpre com o planejado, sugiro que invista este valor nos Títulos do Tesouro.  Mas se a resposta for negativa, ou seja, você tem dificuldade em guardar todo mês o valor estipulado, neste caso aconselho a Previdência Privada.
Por que tal distinção?
Simples! Se você não tem a disciplina necessária, contrate um plano de previdência privada, onde os investimentos mensais serão debitados automaticamente da sua conta corrente no dia determinado. Você não precisa dar nenhuma instrução. Mas ao contratar um plano de previdência, pesquise sobre a taxa de carregamento, taxa de administração e qual será a tributação do Imposto de Renda que vai depender do tipo de previdência privada contratada.

Esta taxas poderão afetar negativamente a rentabilidade do seu Plano de Previdência. Quanto menores, melhor. Se você já possui um Plano de Previdência Privada e verificou, que a Instituição que administra o Plano, está cobrando taxas superiores ao mercado, você pode solicitar a portabilidade do seu Plano para outra Instituição com taxas mais atraentes.
Agora, se você tem disciplina financeira e vai cumprir com o planejado, os Títulos do Tesouro possuem rentabilidade superiores aos Planos de Previdência Privada. Principalmete, por possuírem taxas de administração inferiores ou até isentas (depende da corretora). Quanto a taxa de carregamento não existe. É cobrada uma taxa de negociação de 0,1% do valor de aquisação do título e a taxa de custódia de 0,3% ao ano. Maioires informaçõs (rentabilidade, preço dos títulos, corretoras habilitadas, etc) sugiro acessar o site do Tesouro Direto ://www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro_direto.

Edward Claudio Jr
Educador Financeiro da DSOP Educação Financeira


• Administrador de Empresas; atuante na área Financeira e Fiscal há mais de 15 anos;
• Educador Financeiro e Palestrante DSOP;
• Graduado em Matemática pela Universidade São Judas Tadeu;
• Pós-Graduação em Administração de Empresas pela Universidade São Judas Tadeu;
• Pós-Graduação em Planejamento Tributário pela Uni-FMU;
• Formação de Treinador pelo IFT – Instituto de Formação de Treinadores;
• Consultor Financeiro Pessoal e Familiar;
• Certificação CPA-10 – ANBIMA;
• Executive Coach – Net Profit – CAC (Center For Advanced Coaching);
• Master Coach Financeiro – Instituto de Coaching Financeiro;
• Colaborador da Rádio Boa Nova de Guarulhos, participando de temas sobre Educação Financeira;
• Diretor Financeiro da ABEFIN (Associação Brasileira de Educadores Financeiros);
• Ministra, mensalmente, para as Turmas de Menores Aprendizes do CIEE palestras de Educação Financeira;
• Palestra no Programa Pre-Parar da Prefeitura de São Paulo (Área da Saúde), para colaboradores próximos da Aposentadoria;
• Capacitador dos professores das redes Pública e Particular, da Metodologia DSOP, para que ministrem as aulas de Educação Financeira para o Ensino Básico e
• Voluntário da ONG Amigos do Bem.