Dando continuidade a falar dos temas relacionados às obras da ColeçãoDinheiro Sem Segredo, publicado pela Editora DSOP, hoje, quero falar do volume três: “Como Realizar o Sonho da Casa Própria”.

A realização do sonho da casa é o objetivo de milhões de brasileiros, mas, para muitos, esse pode se tornar um pesadelo, por isso, no livro, logo no começo, já demonstro os riscos que esse endividamento pode ocasionar e também a necessidade de planejar a compra.

Um bom negócio é comprar à vista, pois não se paga juros e ainda, na maioria das vezes, tem a vantagem de se conseguir um bom desconto. Mas, mesmo assim, alguns cuidados são necessários, principalmente, em relação aos gastos extras, que são consideráveis, com taxas cartoriais e bancárias, além de itens como mudança, condomínio e mobília. As famílias não pensam nesses pontos e é aí que se endividam.

Entretanto, pagar à vista não é a realidade para a maioria dos brasileiros; como segunda opção, para quem não tem urgência em mudar e tem disponibilidade de uma verba de investimento mensal, recomendo um consórcio. Nesse caso, se pagará menos e, se tiver sorte, poderá ser sorteado e ganhar a casa rapidamente, além de também poder economizar para dar um lance com economias extras.

Depois dessas opções, vem o financiamento, que também é uma opção de compra interessante. O grande problema é que, ao comprar uma casa financiada, se firmará um compromisso mensal. A dica para poupar é fazer uma estimativa dos gastos totais, avaliar quanto falta para atingir o montante e diagnosticar quanto pode ser poupado por mês para fazer face às despesas.

Também é fundamental ter em mente que, com o financiamento, se estará contraindo uma dívida de valor, que deverá ser honrada mensalmente, e que existem os juros, que, somados ao longo do contrato, podem significar o pagamento de duas ou até três casas.

No caso de pagar aluguel, o financiamento pode ser uma ótima alternativa, deixando de pagar esse valor sem retorno futuro para pagar a prestação de algo que será seu. Se a pessoa não pagar aluguel, uma ótima alternativa é guardar o valor da prestação do financiamento, em qualquer tipo de investimento conservador, assim, em sete ou oito anos, poderá comprar a casa à vista e não pagar juros. É preciso entender que o dinheiro aplicado rende juros, enquanto que, no financiamento, se paga juros.

Um grande problema que se enfrenta na busca pela realização do sonho de uma casa própria são as dívidas sem valor, aquelas contraídas nas compras de produtos e serviços que, muitas vezes, não agregam valor. Estas acabam desequilibrando o orçamento financeiro mensal e, com isso, perde-se o foco no bem de valor, que é a casa.

Bom, são muitos os pontos que devem ser levados antes da compra de uma casa e esse é apenas um deles. Para saber mais, recomendo a leitura completa da obra. Aproveitem o momento de reflexão que o fim de ano traz para rever seus sonhos e correr atrás deles. Boas festas!

Reinaldo Domingos

Reinaldo Domingos é PhD. em Educação Financeira, escritor, educador e terapeuta financeiro. Presidente da DSOP Educação Financeira, da Editora DSOP e da Abefin, publicou o best-seller Terapia Financeira, o recém lançado Empreender Vitorioso com Sonhos e Lucro em Primeiro Lugar e os livros Livre-se das Dívidas, Mesada Não É Só Dinheiro, Ter Dinheiro Não Tem Segredo, Eu mereço ter dinheiro!, Papo Empreendedor, Sabedoria Financeira e a série O Menino do Dinheiro – Sonhos de Família, Vai à Escola, Ação Entre Amigos, Num Mundo Sustentável e Pequeno Cidadão, O Menino e o Dinheiro, O Menino, o Dinheiro e os Três Cofrinhos, O Menino, o Dinheiro e a Formigarra. Mais de 4,5 milhões de exemplares de suas obras já foram vendidas.