O ano mudou e os velhos hábitos com relação ao uso do dinheiro também precisam ser mudados. Portanto, hoje, vou continuar a falar da Coleção Dinheiro Sem Segredo, abordando o tema do quinto volume: Como reduzir o impulso de comprar.

É muito difícil encontrar uma pessoa que nunca tenha ido a um shopping apenas para passear, pois está com pouco dinheiro, mas que, perante a um produto de uma vitrine que deseja, não resiste e fala a famosa frase: “Quer saber? Eu mereço!”. Cuidado, essa frase pode ser uma grande ameaça à sua vida financeira.

Não estou aqui para questionar se merecem ou não comprar esses produtos; tenho certeza de que todos merecem o melhor. Também compreendo a necessidade de adquirir roupas bonitas, produtos de beleza e, até mesmo, acessórios para se destacar no mundo atual. Contudo, esses gastos devem ser feitos dentro dos planejamentos financeiros, senão, o merecer de hoje se tornará a necessidade de abdicar de outros sonhos amanhã.

Assim, para resistir à tentação de uma peça da moda ou do sapato maravilhoso que serviu certinho no seu pé, é preciso visualizar que, pensar melhor agora, significará colher frutos maiores no futuro, quando você poderá falar o “eu mereço!” sem culpa e sem colocar em risco o seu equilíbrio financeiro.

Tenha sempre em mente que uma compra impulsiva pode levar ao endividamento no cheque especial ou no cartão de crédito, situação que se tornará uma bola de neve e transformará sua vida financeira num verdadeiro pesadelo.

Por isso, crie o costume de planejar, analisando seus gastos diários e estabelecendo os objetivos e sonhos que deseja atingir. Isso fará com que você tenha maior força de vontade na hora de resistir às tentações do consumo e possibilitará a você o início do costume de poupar.

Veja algumas orientações:

– Antes de comprar qualquer produto, analise se essa compra não afetará seus compromissos financeiros futuros;

– Reflita se realmente necessita do produto nesse momento e o que ele irá agregar de valor à sua vida;

– Pesquise, pois você poderá encontrar esse produto por um preço mais barato ou um similar mais em conta;

-Se for possível, deixe a compra para outro dia. Isso fará com que você avalie melhor a real importância dessa compra.

Caso não tenha condição financeira no momento, recomendo que nem mesmo entre na loja e que nunca experimente o produto na esperança que ele fique feio e que você desista. Ele, possivelmente, ficará maravilhoso e, daí, todo o seu planejamento foi pelo espaço.

Sei que parece difícil, mas garanto: um pouco de sacrifício hoje pode garantir muitas alegrias amanhã. Tenham um ótimo 2014!

Reinaldo Domingos

Reinaldo Domingos é PhD. em Educação Financeira, escritor, educador e terapeuta financeiro. Presidente da DSOP Educação Financeira, da Editora DSOP e da Abefin, publicou o best-seller Terapia Financeira, o recém lançado Empreender Vitorioso com Sonhos e Lucro em Primeiro Lugar e os livros Livre-se das Dívidas, Mesada Não É Só Dinheiro, Ter Dinheiro Não Tem Segredo, Eu mereço ter dinheiro!, Papo Empreendedor, Sabedoria Financeira e a série O Menino do Dinheiro – Sonhos de Família, Vai à Escola, Ação Entre Amigos, Num Mundo Sustentável e Pequeno Cidadão, O Menino e o Dinheiro, O Menino, o Dinheiro e os Três Cofrinhos, O Menino, o Dinheiro e a Formigarra. Mais de 4,5 milhões de exemplares de suas obras já foram vendidas.