A Páscoa já está aquecendo as vendas. Os mercados já estão lotados de ovos de chocolate – que, aliás, estão subindo acima da inflação – e as pessoas começam a consumir, para fugir do caos que é quando a data se aproxima. Mas será que esses consumidores se prepararam financeiramente para esse gasto antecipado?

O que quero dizer é que, muitas vezes, compramos por impulso e não porque estava em nosso planejamento, e um pequeno erro desses, se for cometido com frequência, pode comprometer todo o orçamento. Um agravante no período da Páscoa desse ano é que emendará com o feriado de Tiradentes, o que faz muitas pessoas quererem viajar.

E daí, quando menos vemos, as despesas já se acumularam e não conseguimos arcar com todas elas, ficando endividados – ou até inadimplentes. Então, que tal ter calma e fazer da forma correta? Faça um diagnóstico da vida financeira, para saber exatamente quais são os seus ganhos e gastos. A partir daí, liste as pessoas que deseja presentear e, se for viajar, pesquise todos os detalhes e os valores.

Analisou suas finanças e viu que dá para fazer tudo isso, ótimo, vá em frente! Se não, reveja as opções e tente adequar à sua condição, pois tentar viver em um padrão que não é o nosso pode significar um desastre financeiro de grande proporção, por isso a importância de seguir um planejamento estruturado. E, quem tem esse hábito, consegue, inclusive, pagar suas contas à vista, podendo conseguir bons descontos. Mas, caso não tenha essa possibilidade, o diagnóstico feito mostrará se você poderá arcar com as parcelas nas datas devidas.

Outro ponto relevante é conversar com as crianças, se o orçamento familiar nçao permitir a compra do ovo que ela quer ou do tamanho que gostaria. A data é voltada a todos os públicos, mas, principalmente, aos pequenos, e, se eles não souberem da condição da família, não conseguirá compreender. Os adultos devem sentar e explicar, de forma simples, que, dessa vez, não será possível ter aquele ovo, mas que, no próximo ano, farão o possível para conseguir. Por serem crianças, aconselho que, se não puder presentear todos da lista, que dê prioridade para elas.

Essa conversa será muito mais fácil se a criança tiver/adquirir noções de educação financeira. Portanto, aconselho que leia para seus filhos, netos ou sobrinhos os livros das coleções O Menino do Dinheiro e O Menino e o Dinheiro, ambos publicados pela Editora DSOP e de minha autoria.

Reinaldo Domingos

Reinaldo Domingos é PhD. em Educação Financeira, escritor, educador e terapeuta financeiro. Presidente da DSOP Educação Financeira, da Editora DSOP e da Abefin, publicou o best-seller Terapia Financeira, o recém lançado Empreender Vitorioso com Sonhos e Lucro em Primeiro Lugar e os livros Livre-se das Dívidas, Mesada Não É Só Dinheiro, Ter Dinheiro Não Tem Segredo, Eu mereço ter dinheiro!, Papo Empreendedor, Sabedoria Financeira e a série O Menino do Dinheiro – Sonhos de Família, Vai à Escola, Ação Entre Amigos, Num Mundo Sustentável e Pequeno Cidadão, O Menino e o Dinheiro, O Menino, o Dinheiro e os Três Cofrinhos, O Menino, o Dinheiro e a Formigarra. Mais de 4,5 milhões de exemplares de suas obras já foram vendidas.