O fim de ano não é sinônimo apenas de presentes de Natal e viagens com família e amigos, é também um período que traz à tona sentimentos de esperança, união e solidariedade. E isso vai totalmente ao encontro de um dos pilares da Metodologia DSOP: Sonhar, que já é praticada em milhares de escolas em todo o país.

Um bom exemplo disso são as instituições de ensino que, além de incentivarem os sonhos individuais dos alunos, também promovem um sonho coletivo solidário, ou seja, os professores, as crianças e os jovens conversam entre si e decidem se planejar e poupar para realizar um sonho juntos.

E foi isso que fizeram os alunos do 5º ano do Centro Educacional São Camilo, em Vitória/ES, que, com base no que aprenderam nas aulas de Educação Financeira, juntaram dinheiro ao longo de um período determinado e compraram uma cadeira de rodas para um aluno de uma escola estadual.

O presenteado foi Romário de Oliveira, de 26 anos, aluno de uma professora em comum das duas instituições. Foi a partir dela que os alunos do centro educacional conheceram a história e tiveram a ideia de ajudar. A família não tem certeza quanto à origem de sua deficiência física nos membros inferiores.

Mas os médicos dizem que, talvez, se Romário tivesse feito um tratamento adequado quando ainda era pequeno, poderia ter melhores condições físicas e até chances de andar. O caso teve repercussão e alguns profissionais da área de saúde já se interessaram em fazer o tratamento que o menino precisa.

Essa história é muito gratificante, pois mostra que a educação financeira, além de mudar o comportamento em relação ao uso do dinheiro, incentiva as pessoas a sonharem e, com isso, a praticarem boas ações, que nos engrandece enquanto seres humanos.

Programa DSOP de Educação Financeira nas Escolas

O tema Educação Financeira vem se desenvolvendo de forma mais intensa em países como Estados Unidos, Reino Unido, Japão, Austrália, Nova Zelândia e Coreia do Sul e, no Brasil, foi fortalecido no final de 2010 com a criação da Enef (Estratégia Nacional de Educação Financeira) pelo Governo Federal.

Adotado em diversas escolas brasileiras, o Programa DSOP de Educação Financeira objetiva formar alunos cidadãos, pensantes, críticos, autônomos e capazes de idealizar e realizar projetos individuais e coletivos, além de contribuir para a criação de uma nova geração de pessoas independentes financeiramente, que aprenderam desde cedo a utilizar o dinheiro de maneira saudável e consciente para a realização de seus sonhos.

Concebido para permitir que os alunos estabeleçam relações entre a educação financeira e outras áreas do conhecimento, o Programa segue os princípios de transversalidade e interdisciplinaridade estabelecidos nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs).

O conteúdo abrange os cinco temas transversais (Ètica, Saúde, Meio Ambiente, Pluralidade Cultural e Orientação Sexual) e está dividido em seis eixos temáticos: Família, Diversidade, Sustentabilidade, Empreendedorismo, Autonomia e Cidadania, que dialogam com as linhas orientadoras da educação mundial no século XXI (Aprender a Ser, Aprender a Conviver, Aprender a Fazer e Aprender a Aprender).

Reinaldo Domingos

Reinaldo Domingos é PhD. em Educação Financeira, escritor, educador e terapeuta financeiro. Presidente da DSOP Educação Financeira, da Editora DSOP e da Abefin, publicou o best-seller Terapia Financeira, o recém lançado Empreender Vitorioso com Sonhos e Lucro em Primeiro Lugar e os livros Livre-se das Dívidas, Mesada Não É Só Dinheiro, Ter Dinheiro Não Tem Segredo, Eu mereço ter dinheiro!, Papo Empreendedor, Sabedoria Financeira e a série O Menino do Dinheiro – Sonhos de Família, Vai à Escola, Ação Entre Amigos, Num Mundo Sustentável e Pequeno Cidadão, O Menino e o Dinheiro, O Menino, o Dinheiro e os Três Cofrinhos, O Menino, o Dinheiro e a Formigarra. Mais de 4,5 milhões de exemplares de suas obras já foram vendidas.