A educação financeira para as crianças deve começar desde cedo, e uma questão que sempre surge é como falar sobre o tema mesada com as crianças. Sempre recomendo que se passe a pensar no tema a partir dos sete ou oito anos, quando as crianças já estiverem mais acostumadas a lidar com o dinheiro. Mas, veja bem, cuidados devem ser tomados para que esse artifício realmente atinja a sua finalidade.

O grande caminho para isso é a conversa franca com os pequenos, mas essa só deve ocorre após definir o valor a ser dado. E para isso é simples, basta durante um mês, sem que os seus filhos percebam, anote todo o dinheiro que dá para eles, incluindo lanche escolar, passeios, compra de jogos, enfim, todos os gastos.

Com isso definido chega a hora de chamar as crianças para uma conversa franca. Diga que, por já estarem crescendo, é momento de controlarem seu próprio dinheiro e que passarão a receber uma mesada. Entregue apenas 50% do valor total que seria dado no mês e informe que terão que se organizar com essa quantia. Com toda a certeza, ficarão felizes, pois acharão o montante bastante alto. Mas reforce que o dinheiro terá que ser suficiente para os próximos trinta dias.

E fale mais: por serem ótimos filhos os pais resolveram realizar alguns desejos e peça que relacionem no mínimo três desses, um de curto prazo até três meses, outro de médio até seis meses e um de longo que vai até um ano. Explique que os mesmos valores que receberão das mesadas também terão para os desejos.

Com isso, as crianças saberão que todo o dinheiro que receberem, deverá ser separado metade para desejos e metade para o consumo (doces, passeios, lanches). É fundamental também mostrar às crianças a importância de conquistar os valores que recebem. Mas faço um alerta: não é interessante associar esse dinheiro ao desempenho escolar, pois o estudo deve ser incentivado pela importância que ele terá para a vida.

Mostre aos seus filhos a importância de priorizar os seus projetos e faça-os entender que, para realizá-los, será sempre necessário guardar parte do dinheiro que passa pelas suas mãos.

Reinaldo Domingos

Reinaldo Domingos é PhD. em Educação Financeira, escritor, educador e terapeuta financeiro. Presidente da DSOP Educação Financeira, da Editora DSOP e da Abefin, publicou o best-seller Terapia Financeira, o recém lançado Empreender Vitorioso com Sonhos e Lucro em Primeiro Lugar e os livros Livre-se das Dívidas, Mesada Não É Só Dinheiro, Ter Dinheiro Não Tem Segredo, Eu mereço ter dinheiro!, Papo Empreendedor, Sabedoria Financeira e a série O Menino do Dinheiro – Sonhos de Família, Vai à Escola, Ação Entre Amigos, Num Mundo Sustentável e Pequeno Cidadão, O Menino e o Dinheiro, O Menino, o Dinheiro e os Três Cofrinhos, O Menino, o Dinheiro e a Formigarra. Mais de 4,5 milhões de exemplares de suas obras já foram vendidas.