Seria perfeito poder trabalhar naquilo que gosta e tem paixão, sem precisar depender de escolher uma profissão ou emprego pelo salário que ela trará de retorno. Assim é a vida de quem consegue se tornarindependente financeiramente.

Muitos acreditam ser impossível que isso aconteça e, sendo assim, preferem viver o hoje, consumindo e gastando, sem se preocupar com seu futuro. Só que, conforme pesquisas, a chance de que poderemos viver até os 100 anos ou mais é grande; olhe ao seu redor, veja seus familiares, qual a idade máxima que eles chegaram. Eu, particularmente, tive parentes que ultrapassaram os 100 anos, ou seja, minhas chances são maiores ainda.

E pensando assim, seria melhor passar da sua idade atual até a idade de ser jovem há mais tempo, com qualidade de vida e sem preocupação. Só que muitos alegam que esperar 20 ou 30 anos é muito tempo. A diferença de comportamento e atitude está em pensar que, de uma forma ou de outra, esse tempo passará para todos; como vamos vivenciar esse período e que é nossa escolha.

Então, digo para aquele que quer realmente, que pode sim ter sua independência financeira, e mais, quanto antes começar, poderá alcançar antes do que possa imaginar.

Acredito que um dos maiores empecilhos para isso acontecer seja o hábito de gastar além do que se ganha. Se você conseguir ao menos separar 10% de tudo o que ganhar, verá que não é tão pesado e sacrificante assim.

Para começar hoje, siga esses passos e, depois de passado pelo menos três meses, verifique o que aconteceu, se realmente identificou que em sua vida tudo é possível, basta querer.

1º – Antes de começar a poupar para a tão sonhada independência financeira, analise seus gastos e veja se tudo o que despende dinheiro é realmente necessário, e se consegue direcionar parte desses consumos para esse sonho.

2º – Identifique qual o valor ideal que precisa acumular para te gerar uma renda que mantenha duas vezes o seu padrão de vida, para que assim, utilize metade do valor que render, e continue a acumular recursos que durem por muito tempo.

3º – Veja quanto pode e quer poupar mensalmente e em quanto tempo vai ter a conquista da independência. Pode ter certeza que vai ser em bem menos tempo que se possa imaginar.

4º – Mantenha uma periodicidade, regularidade e persistência sobre seus objetivos. Tenha, além desse, outros sonhos e metas de curto e médio prazos.

5º – Ao receber seus recursos financeiros mensais, antes de sair gastando e pagando conta, já reserve o valor da independência, assim, conseguirá se adaptar ao saldo que sobra, pois com a análise dos gastos, verá que tem muitos itens não necessários.

6º – Anualmente, revise seu saldo e seus valores de aporte mensal.

7º – Conheça formas de investimento, para que ajude a potencializar os recursos poupados.

Pense, se nossos pais soubessem disso, e já ao nascermos começassem a reservar um valor mínimo para a nossa independência, seria perfeito não? Então, fica a orientação para quem tem filho ou pretende ter, comece a planejar o futuro dele, assim, ele será mais livre de escolher uma profissão pelo sentimento e não pelo bolso.

Acredite somos capazes de tudo o que nos propusermos; primeiro temos que ter vontade, atitude e determinação. Apresentei aqui alguns passos que, se aplicados, trarão muitos resultados. Só depende de você agir e fazer acontecer.

Cintia Senna
Educadora Financeira da DSOP Educação Financeira

Especialista em Educação Financeira, Terapeuta e Educadora Financeira
• Mestranda em Educação Financeira pela Flórida Christian University (FCU) em Orlando/EUA em 2018;
• Pós-graduada pelo Centro Universitário Sul de Minas Unis em Educação e Coaching Financeiro em 2017;
• Formada em Terapia Financeira pela DSOP Educação Financeira em 2017;
• Cursou módulo Internacional de Gestão de Negócios pela ISCAP em Porto/Portugal em 2015;
• Formada em Educação Financeira pela DSOP Educação Financeira em 2015;
• Formada em Planejamento Financeiro Pessoal pelo Insper em 2014;
• Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade São Judas Tadeu USJT em 2008;
• Conselheira Fiscal da Associação Brasileira de Educadores Financeiros – Abefin Gestão 2015-2020;
• Realizou Intercâmbio Internacional pela Quest Study em Toronto – Canadá – 2013;
• Autora do Canal de Youtube - Cíntia Senna;
• Com mais de 8 anos de experiência profissional em auditoria de instituições financeiras, participações em projetos de bancos de crédito, fundos de investimento, operadoras de leasing, administradoras de consórcio, fundos de pensão, corretoras, escritório de representação, financeiras e concessionárias de veículos;
• Além de 4 anos de experiência profissional na controladoria de empresa multinacional do setor de logística e gerenciamento de recursos financeiros.
Colabora com diversas mídias (tv, rádio, jornais e revistas impressas e eletrônicas) e desenvolve atividades tais como: Palestras, Cursos / Workshops / Aulas, Terapias Financeiras – Individual ou Casal, Artigos e Vídeos.
Desde 2013 atua na área de Educação Financeira com o objetivo de levar as pessoas à sustentabilidade financeira para realização de sonhos. Tem como missão contribuir com a alfabetização financeira no Brasil e no Mundo.