Como sempre falo, para se ter um orçamento controlado e um ano sem surpresas, é preciso ter planejamento, e para ter planejamento, é preciso agir com antecedência. Já estamos em outubro e as compras de fim de anoquase batendo em nossa porta.

Pois é, sendo assim, vamos sentar e colocar tudo na ponta do lápis. Natal está aí, já parou para programar os presentes? Como está o orçamento, quanto poderá dispender para essa finalidade, quem vai priorizar na hora de presentear, o que vai comprar, onde tem o menor preço? São tantas perguntas a serem respondidas que, para alguns, dá até desespero.

Há pessoas que vão viajar e nem sequer compraram suas passagens, não reservaram hotel e não se informaram sobre passeios, por exemplo. Ainda temos a cultura de comprar e “ver como pagar depois”; parcelar a perder de vista, sem saber se cabe no bolso. Ter dívidas não é o problema, o problema é ter dívidas inconscientes, não programadas, que podem nos levar à inadimplência.

Se após fazer um diagnóstico das finanças confirmar que a situação financeira realmente não está boa, melhor partir para um plano B e não se “enforcar” só para fazer algo que decidiu agora que quer fazer. Analise as possibilidades, veja alternativas e tente se adaptar.

Não é preciso deixar de fazer tudo, mas sim agir com cautela, buscando fazer o máximo que pode, comprometendo o menos possível do dinheiro. Acredite, é possível, ainda mais tendo tempo para pensar e fazer da maneira correta. Uma boa orientação é conseguir diminuir – ou até cortar – alguns gastos, mesmo dentro de casa, e redirecionar essas pequenas quantias para os planos/as compras de fim de ano. Isso pode trazer uma boa economia e ainda, de quebra, a realização de algo que trará felicidade.

Agora, se você é daqueles que está numa condição confortável, financeiramente falando, pode se dar ao luxo de fazer algumas outras coisas, mas também não podem escapar de fazer o planejamento, para que o cenário não se inverta. Invistam em educação financeira – por meio de livros e cursos, por exemplo –, para que consiga se manter assim para os próximos anos também, garantindo a sustentabilidade financeira.

Reinaldo Domingos

Reinaldo Domingos é PhD. em Educação Financeira, escritor, educador e terapeuta financeiro. Presidente da DSOP Educação Financeira, da Editora DSOP e da Abefin, publicou o best-seller Terapia Financeira, o recém lançado Empreender Vitorioso com Sonhos e Lucro em Primeiro Lugar e os livros Livre-se das Dívidas, Mesada Não É Só Dinheiro, Ter Dinheiro Não Tem Segredo, Eu mereço ter dinheiro!, Papo Empreendedor, Sabedoria Financeira e a série O Menino do Dinheiro – Sonhos de Família, Vai à Escola, Ação Entre Amigos, Num Mundo Sustentável e Pequeno Cidadão, O Menino e o Dinheiro, O Menino, o Dinheiro e os Três Cofrinhos, O Menino, o Dinheiro e a Formigarra. Mais de 4,5 milhões de exemplares de suas obras já foram vendidas.