Hoje quero falar um pouco sobre as promoções do Black Friday, que acontece no próximo dia 27. É claro que uma promoção é sempre boa, ainda mais em época que planejamos comprar alguns presentes de Natal. No entanto, uma coisa deve ficar bem clara: procurar apenas por preço não garante que você vá, de fato, economizar.

Quando aproveitamos uma data como essa de maneira consciente, com planejamento, pesquisando (até mesmo para saber se aquela oferta é realmente verdadeira), conseguimos realizar boas compras. Ou seja, adquirimos aquilo que precisamos – ou nem tanto, mas que pelo menos já havíamos nos programado para obter –, economizando de verdade.

Isso é analisar o preço versus o valor/o custo versus o benefício. Comprar sem necessidade só porque o desconto parece acaba levando ao consumismo exacerbado, gastando mais do que devia. Muita gente até acaba entrando no cheque especial ou se enrolando com parcelas no cartão de crédito, correndo o risco de ficar inadimplente. O objetivo de economizar com o Black Friday está longe de ser atingido dessa maneira.

Para quem se planejou corretamente para essa época do ano, é importante algumas orientações:

1) Se o parcelamento for inevitável, tenha certeza de que cabe no orçamento;

2) Analise se a compra não trará custos extras para a família ou para a pessoa posteriormente;

3) Faça uma lista detalhada de tudo que pretende comprar, quem deseja presentear e quanto pretende gastar com cada um, para evitar gastos supérfluos;

4) Se estiver em situação financeira problemática e quiser adiantar as compras de Natal, uma dica é priorizar as crianças;

5) Utilize a internet como meio de pesquisa, mas cuidado, só acesse e compre em sites confiáveis. Crimes digitais são muito comuns e podem trazer grandes prejuízos.

Reinaldo Domingos

Reinaldo Domingos é PhD. em Educação Financeira, escritor, educador e terapeuta financeiro. Presidente da DSOP Educação Financeira, da Editora DSOP e da Abefin, publicou o best-seller Terapia Financeira, o recém lançado Empreender Vitorioso com Sonhos e Lucro em Primeiro Lugar e os livros Livre-se das Dívidas, Mesada Não É Só Dinheiro, Ter Dinheiro Não Tem Segredo, Eu mereço ter dinheiro!, Papo Empreendedor, Sabedoria Financeira e a série O Menino do Dinheiro – Sonhos de Família, Vai à Escola, Ação Entre Amigos, Num Mundo Sustentável e Pequeno Cidadão, O Menino e o Dinheiro, O Menino, o Dinheiro e os Três Cofrinhos, O Menino, o Dinheiro e a Formigarra. Mais de 4,5 milhões de exemplares de suas obras já foram vendidas.