educacao-financeira-economia-eletrica

Recentemente, o Governo sinalizou que elevará as tarifas de energia elétrica no próximo ano. Portanto, elaborei algumas orientações para ajudar na redução do consumo e na economia em casa.

Cozinha: Para evitar o consumo desnecessário de energia, evite manter geladeiras e freezers ao lado de fogões ou churrasqueiras. Se estiverem também em local fresco, arejado e coberto, esses aparelhos consumem entre 3% e 6% menos energia. É válido também não colocar alimentos quentes diretamente na geladeira ou nos congelador, pois assim o interior do aparelho irá aquecer e ele precisará consumir mais energia para reestabelecer a temperatura. Portanto, antes de colocar o alimento na geladeira, espere até que resfrie.

Banheiro: Se você se depila, faz a barba ou escova os dentes ao tomar banho em seu chuveiro elétrico, precisa repensar essas atitudes. Eliminar esses hábitos tende a gerar menor consumo de energia e maior economia no final do mês.

Sala de estar: Segundo o Instituto Akatu, os aparelhos ligados em stand-by (modo de espera) consomem muita energia, podendo representar até 12% do consumo de uma casa. Por exemplo, você sabia que um aparelho de DVD pode consumir mais energia no stand-by do que durante o seu uso efetivo?

Iluminação: Usar lâmpadas LED e halógenas eficientes é uma das principais formas de poupar energia. Existem, inclusive, controles automáticos de iluminação que podem ajudar a poupar energia. A chamada gestão inteligente de luz ajusta a luminosidade às condições climáticas: se nuvens desaparecem do céu e mais luz natural entra pela janela, as luzes se apagam.

Secador de roupa: Caso você tenha dificuldade em secar roupa ao ar livre, por conta das chuvas, e precise recorrer a um secador, torça bem as peças antes de colocar na máquina. Isso poupará tempo de funcionamento e energia elétrica.

Períodos fora de casa: Ao viajar é interessante retirar todos os dispositivos das tomadas. Em intervalos mais curtos, vale a pena colocar o computador em modo de hibernação. Fax, impressora, copiadora e scanner podem ser usados como dispositivos multifuncionais, combinando não só o espaço, mas também o consumo de energia.

Etiqueta de energia: Antes de comprar um aparelho doméstico, observe a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (ENCE), que indica a eficiência do produto. Ela traz informações importantes para o consumidor, além de promover uma maior competitividade entre as indústrias, que buscam tecnologias cada vez mais eficientes para reduzir o índice de consumo de energia de seus aparelhos.

Viu como alguns truques simples podem fazer a diferença? Energia é dinheiro e se você economizar energia, estará poupando o seu dinheiro.

Marcio Araújo
Educador Financeiro da DSOP Educação Financeira

Primeiro Pós–Graduado em Educação e Coaching Financeiro pela DSOP do estado do Paraná.
PÓS-MBA em Negociação Empresarial FGV.
MBA em Gestão de Comercial FGV.
Certificações ANBIMA CPA-10 e CPA-20.
Ensino Superior – Bacharelado em Administração de Empresas UNOPAR - Universidade Norte Paraná.
PNL - BUSINESS PRACTITIONER pela SBPNL (SOCIEDADE BRASILEIRA DE PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA).
(VISÃO ESTRATÉGICA,EU LIDER E COMUNICAÇÃO INFLUENCIADORA ) pela FUNDAÇÃO DOM CABRAL .
Técnico em Contabilidade.
Especialista em Investimentos em Renda Fixa , Variável e Derivativos ,gerente de grandes contas (Corporate) Gestão de Grandes Fortunas.
Palestrante e consultor financeiro pessoal e familiar.
Educador Financeiro e Coaching Financeiro.
Ministra treinamentos certificações ANBIMA CPA-10 e CPA-20 , Produtos de Investimentos e Vendas.
Atuação no estado do Paraná e São Paulo.