Nas últimas semanas, todos acompanhamos de perto uma grande paralisação dos caminhoneiros Brasil afora, o que gerou uma crise dos combustíveis. Reivindicando a redução do preço do óleo diesel, entre outras medidas, o abastecimento de itens básicos em todos os comércios foi afetado e, é claro, todos sentimos os reflexos.

Crise dos combustíveis

Diante desse cenário, tivemos a oportunidade de refletir e reavaliar os nossos hábitos diários, sendo assim trago cinco aprendizados e ganhos que tivemos diante da crise dos combustíveis:

1 – Descobertas

Devido à falta de combustível em praticamente todos os postos, mais pessoas utilizaram o transporte público, combinaram caronas entre os colegas de trabalho e caminharam muito mais do que o habitual. Tenho certeza de que para muitos foi uma experiência reveladora. Quando estamos a pé começamos a apreciar e prestar mais atenção em coisas que nem imaginávamos.

2 – Aproximação entre as pessoas

Em busca de soluções para um problema em comum, tivemos a oportunidade de melhorar os nossos relacionamentos, nos aproximando mais da nossa família e amigos. A crise fez com que as pessoas se ajudassem mais, tanto oferecendo caronas ou mantimentos, trazendo à tona um novo sentimento de coletividade.

3 – Fim da dependência do carro

Além do ganho enorme para a saúde física e mental, também pudemos perceber que não necessitamos do carro em todos os momentos da nossa vida. Com muito menos veículos nas ruas, a poluição nas grandes cidades dimiuiu e consequentemente o meio ambiente também saiu ganhando. As vantagens foram inúmeras e economia foi a palavra de ordem.

4 – Valorização dos caminhoneiros

Dentro de todo esse contexto, pudemos ainda refletir sobre a enorme importância do trabalho dos caminhoneiros que, diante da realidade atual de transporte no Brasil, são os verdadeiros responsáveis por termos praticamente tudo o que temos nas nossas casas.

5 – Reaproveitamento e economia

Falando nisso, outra experiência positiva aconteceu justamente dentro de casa. Com as prateleiras dos supermercados vazias, o reaproveitamento do que já tínhamos em mãos tomou lugar das grandes compras. Aqui fica mais um aprendizado: de que é possível economizar mais, viver com menos e consequentemente dar mais valor ao que já temos, ajudando também a combater um dos maiores problemas da atualidade, que é o desperdício de alimentos.

Sendo assim, olhando sempre para o copo meio cheio, pudemos tirar boas experiências durante esse período de adversidade, tanto na revisão dos nossos hábitos de consumo, quanto na nossa educação financeira em gastar apenas o necessário. Sempre digo que as ameaças correm junto das oportunidades, por isso é tão importante valorizar a nossa vida, o nosso bolso e principalmente a nossa saúde em todos os momentos.

Reinaldo Domingos

Reinaldo Domingos é PhD. em Educação Financeira, escritor, educador e terapeuta financeiro. Presidente da DSOP Educação Financeira, da Editora DSOP e da Abefin, publicou o best-seller Terapia Financeira, o recém lançado Empreender Vitorioso com Sonhos e Lucro em Primeiro Lugar e os livros Livre-se das Dívidas, Mesada Não É Só Dinheiro, Ter Dinheiro Não Tem Segredo, Eu mereço ter dinheiro!, Papo Empreendedor, Sabedoria Financeira e a série O Menino do Dinheiro – Sonhos de Família, Vai à Escola, Ação Entre Amigos, Num Mundo Sustentável e Pequeno Cidadão, O Menino e o Dinheiro, O Menino, o Dinheiro e os Três Cofrinhos, O Menino, o Dinheiro e a Formigarra. Mais de 4,5 milhões de exemplares de suas obras já foram vendidas.

DEIXE SEU E - MAIL E RECEBA CONTEÚDOS EXCLUSIVOS