Você não pode comprar amor, então pare de gastar demais em presentes de Natal que você não pode pagar.

As festas de fim de ano, tornou-se uma extravagância de compras de meses de duração. E, como indicam as sempre crescentes vendas da Black Friday e da Cyber ​​Monday, e ainda os brasileiros continuam planejando as festas de fim de ano em torno de orçamentos, que quando não, estão próximos de estourar.

Embora não seja incomum para os brasileiros acumularem alguma dívida durante as festas de fim de ano, eles podem usar essas dicas para evitar complicações por causa disso, ainda reforçando que já no começo do ano terá IPTU, IPVA, materiais escolares, uniforme etc.

Defina um orçamento inteligente para você mesmo

Evitar dívidas requer um plano. Um orçamento é uma meta e muitas organizações e líderes usam o acrônimo SMART para definir metas. As letras na sigla significam:

S – Específico

M – Mensurável

A – Atingível

R – Relevante

T – Temporal

Veja como isso funciona com o orçamento:

Especifique a quantia de dinheiro que você precisa gastar durante as férias e avalie seu progresso anotando as transações, verificando sua conta de cartão de crédito e analisando seus extratos bancários. As partes viáveis ​​e realistas do estabelecimento de metas de orçamento andam de mãos dadas: considere seriamente o quanto você pode gastar e se prepare para o sucesso ajustando seus planos de compras. Se você quiser ficar dentro do orçamento, você pode ter que ser criativo, então desenvolva essa habilidade de ser criativo.

Por fim, verifique se seu orçamento é oportuno. Você pode pensar que a adição de uma pequena dívida de cartão de crédito vai ficar bem agora, mas se algo acontecer de errado enquanto você estiver tentando pagar, pode ficar fora de controle.

Não adquira dívida sem um plano

Se você tiver que usar um cartão de crédito ou empréstimo pessoal para fazer compras no natal, tenha um plano para pagá-lo. As taxas de juros podem facilmente multiplicar o que você gasta em dezembro e fazer você pagar pelos próximos anos. Apenas permita-se acumular dívida tanto quanto você pode pagar em um período de tempo predeterminado.

Planeje seus presentes com antecedência

Se você está planejando seu momento “Papai Noel” com cuidado, comprando presentes durante o ano, está à frente do jogo. Mas se não, ainda há tempo para você fazer um plano. Determine seus destinatários e o que você gostaria de presentear cada pessoa. Dessa forma, você evita navegar nas lojas, o que pode levar a tentações e compras por impulso que podem inviabilizar seu orçamento em uma única compra.

Seja um consumidor inteligente

A Black Friday acabou, mas muitas lojas têm os mesmos negócios – ou até melhores – durante toda a temporada de festas. Depois de criar uma lista de compras, faça uma pesquisa sobre onde obter as melhores ofertas. Use aplicativos e sites para obter cupons e descontos extras.

Acompanhe todos os seus gastos

Além de medir seu progresso e manter seu orçamento de compras, acompanhe seus gastos típicos para ajudar a evitar gastos excessivos em outras áreas. As festas de fim de ano são ainda mais caras viajando, saindo para comer, vendo shows e participando de outros eventos. Certifique-se de incluir essas despesas em seu orçamento. Se você é alguém que gasta muito de qualquer maneira nessa época, tente cortar e gastar esse dinheiro em presentes, se necessário.

Não deixe que isso seja pessoal

Sim, os presentes de Natal devem ser pessoais, mas os preços não precisam ser. Tente não se preocupar com quem você gasta mais, porque o significado por trás de um presente nem sempre está ligado ao valor gasto. Afinal de contas, de que adianta alguém gastar R$ 80,00 em uma bugiganga aleatória para seu irmão só para poder dizer que gastou tanto com ele quanto com sua irmã? Certamente pode haver níveis de faixas de preço que você usa. Por exemplo, você se limitará a R$ 70,00 para um presente para um amigo e R$ 120,00 para um membro da família, mas tenha em mente o quadro geral. Contanto que você permaneça dentro do seu orçamento, você pode alocar dinheiro da maneira que precisar.

Lembre-se de quais são os sentidos das festas de fim de ano

As festas não são sobre as coisas que você pode comprar. É realmente um tempo para passar com seus entes queridos e celebrar tradições. É um clichê, mas importante de lembrar. Seus entes queridos não lhe pediriam para se colocar em uma situação financeiramente arriscada para conseguir presentes caros. O amor não é medido pelo quanto você gasta com alguém, mas de outras maneiras, você investe em seu relacionamento com ele.

Marcio Araújo
Educador Financeiro da DSOP Educação Financeira

Primeiro Pós–Graduado em Educação e Coaching Financeiro pela DSOP do estado do Paraná.
PÓS-MBA em Negociação Empresarial FGV.
MBA em Gestão de Comercial FGV.
Certificações ANBIMA CPA-10 e CPA-20.
Ensino Superior – Bacharelado em Administração de Empresas UNOPAR - Universidade Norte Paraná.
PNL - BUSINESS PRACTITIONER pela SBPNL (SOCIEDADE BRASILEIRA DE PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA).
(VISÃO ESTRATÉGICA,EU LIDER E COMUNICAÇÃO INFLUENCIADORA ) pela FUNDAÇÃO DOM CABRAL .
Técnico em Contabilidade.
Especialista em Investimentos em Renda Fixa , Variável e Derivativos ,gerente de grandes contas (Corporate) Gestão de Grandes Fortunas.
Palestrante e consultor financeiro pessoal e familiar.
Educador Financeiro e Coaching Financeiro.
Ministra treinamentos certificações ANBIMA CPA-10 e CPA-20 , Produtos de Investimentos e Vendas.
Atuação no estado do Paraná e São Paulo.