Talvez você já tenha ido a um supermercado fazer a sua compra do mês em dias de grande movimento e se deparado na fila do caixa com alguma família extremamente feliz. Este é um momento de grande prazer para muitas pessoas, e muitas coisas podem estar envolvidas neste momento, acredite, decisões simples podem mudar completamente uma vida ou o destino de uma família.

compra do mês

Longe de mim julgar decisões de compra de qualquer pessoa na face da terra, mas é fato que já percebi por muitas vezes que há um excesso e que muitas famílias não percebem isso. Você também já pode ter percebido e até mesmo se questionado quanto a suas opções e pensado “Como eu faço para economizar na compra deste mês?”, saiba que, com certeza, você é uma das muitas pessoas que já deu seu primeiro passo, e hoje irá dar mais um passo para uma divertida jornada em busca da realização de muitos sonhos.

Papel, caneta e a família na mão

Diariamente em nossas casas aprendemos com nossas famílias e precisamos direcionar essas boas atitudes e comportamentos. Essa jornada só é cumprida dando passos após passos, sendo que todos os membros da família devem ser envolvidos. Se for um casal, ambos terão que remar no mesmo sentido, se tiver filhos deve se envolver e atribuir papéis para que possa chegar no objetivo.

Comece devagar e considere construir três blocos de atuação para preparar a sua compra do mês:

  1. Desperdícios
  2. Necessidades / desejos
  3. Listas e quantidades

Ao dar o seu primeiro passo, você deve reservar um momento tranquilo  com papel e caneta na mão, para uma reflexão sobre cada um dos blocos, o quanto se desperdiça em sua casa, considere as necessidades e desejos, as preferências de consumo, analise possibilidades de mudança de marcas e principalmente quantidades que gerem estoques desnecessários, pense em como preparar uma lista assertiva para o dia da compra.

Missão dada deverá ser uma missão divertida

Não tenha medo de como seus familiares reagirão, tudo isso será novo para eles, é parte de um novo momento, em que você deve engajar todos para conseguir levar à realização de sonhos. Se você simplesmente falar que devemos cortar, diminuir ou simplesmente deixar de comprar, isto será um choque e consequentemente colocará todos em uma crise com um desconforto gigantesco.

As pessoas de um modo geral se sentem engajadas quando fazem parte de algo maior, quando percebem que seus sacrifícios irão gerar algum resultado futuro, quando sentem que estão construindo algo, deste modo seu papel neste momento será propor algo que vá motivar todos a participar desta jornada.  Compartilhe sonhos que poderão ser realizados em família a partir do que será poupado na compra do mês.

Envolva todos a entenderem o consumo do lar, divida as tarefas para que se observe e se entenda o quanto se desperdiça diariamente em alimentos e o quanto fica parado sem necessidade em nossas dispensas.

Dado este passo, após o primeiro mês, sem dúvidas os resultados serão surpreendentes. Você conseguirá poupar mais de 25% do que era gasto mensalmente no supermercado. Que tal?

E o melhor: a partir daí você e sua família poderão utilizar esse dinheiro para a realização de outros sonhos. Envolver sua família em uma jornada de consciência e educação financeira é algo que irá fazer com que todos sejam mais responsáveis em diversos aspectos e o principal se tornem mais felizes.

Espero que estas orientações possam ajudar e façam com que sua compra mensal seja um tarefa consciente, divertida e saudável financeiramente.

 

Wilton Faias

Educador Financeiro DSOP
Consultor de Marketing e Comunicação
Professor Executivo no curso de Pós graduação em Administração de Empresas FGV
Palestrante e proprietário das empresas Creation Comunicação e Creation Consultoria Empresarial
Formação em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário FIEO
Pós Graduado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas
Master in Business Administration / Marketing pela Fundação Getúlio Vargas