Educação Financeira

Brasil tem primeira graduação em educação financeira

O Brasil terá seu primeiro curso de graduação em Educação Financeira! Trata-se do curso de educação a distância (EAD) ofertado pela Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) e que conta com a Metodologia DSOP, idealizada por Reinaldo Domingos.

O curso vem suprir uma real demanda nessa área profissional, sendo que é crescente nas organizações a busca de especialistas que auxiliem colaboradores, gestores e clientes em suas vidas financeiras. Além de existir uma grande demanda de pessoas físicas que buscam por esse apoio profissional.

A coordenadora da EAD Unoeste, Sonia Sanae Sato, destaca que o curso é totalmente inovador. “É o primeiro do gênero no país, que nasceu pela necessidade cada vez maior da população de desenvolver uma relação sustentável com o dinheiro, assim como da expertise adquirida na oferta de cursos de pós-graduação lato sensu EAD da área de Educação Financeira, que são realizados em parceria com a DSOP”.

As aulas estão programadas para iniciar no dia 2 de agosto. “A realização desse curso era um anseio antigo, sendo que vem suprir uma grande demanda contida no mercado de trabalho. A necessidade de um profissional especializado em auxiliar as pessoas a lidarem com as finanças é uma realidade gritante, basta observar os números crescentes de endividados e inadimplentes”, reforça Reinaldo Domingos, PhD em Educação Financeira e presidente da DSOP Educação Financeira.

A educação financeira é um tema que ganhou grande relevância nos últimos anos, passando a ser obrigatório até mesmo nas salas de aula das escolas em todo o Brasil, segundo a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Assim, o curso une conhecimentos das áreas de humanas, exatas e sociais aplicadas, preparando o estudante para o mercado de trabalho.

Sustentabilidade financeira

O objetivo é formar profissionais da área de educação financeira capazes de levar esse novo conhecimento para a sociedade como um todo, proporcionando o alcance da sustentabilidade financeira, por meio da mudança de comportamento.

Além disso, o aluno terá como aprendizado a introdução à educação financeira comportamental em sua vida pessoal e profissional, além de todos os conhecimentos que norteiam essas práticas e atividades.

A atuação na área de Educação Financeira é bastante ampla podendo trabalhar como autônomo, nas escolas, em empresas do setor financeiro, como bancos e seguradoras, e até nas famosas fintechs, e em organizações públicas e privadas de diferentes segmentos, visando adequar as finanças das pessoas e famílias, empresários e seus clientes e colaboradores.

Fonte: DSOP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo