educacao-financeira-nas-empresas-qualidade-de-vida

Corporações ajudam cada vez mais seus funcionários a alcançarem a saúde financeira

O profissional reclama do salário que recebe, acredita que deveria ganhar mais e afirma que irá procurar outro emprego para obter maior remuneração e benefícios. Com certeza você já se deparou com pelo menos uma situação dessas, certo? Mas será que somente um salário maior permitirá com que o colaborador atinja seus objetivos? Será que na verdade este trabalhador vive uma desorganização em sua vida financeira?

Sim, esta reflexão cabe principalmente ao próprio profissional, já que é ele quem sabe como anda sua saúde financeira. Mas cada vez mais as empresas estão preocupadas com as finanças de seus colaboradores.

Empresas como Magazine Luiza, Holcim, BIC, Sicredi, entre outras já incentivam seus funcionários com palestras e cursos de Educação Financeira. Algumas até mesmo oferecem atendimentos individuais para os colaboradores que se encontram em situação crítica de endividamento e inadimplência.

“É cada vez mais evidente que a saúde financeira do colaborador está diretamente relacionada à produtividade dele na empresa, uma vez que um profissional que passa por problemas financeiros trabalha sem foco”, explica o presidente da DSOP, Reinaldo Domingos, que também é mestre em Educação Financeira.

Segundo ele, situações de endividamento e inadimplência afetam a vida pessoal e profissional do funcionário. “Além de causar brigas dentro de casa, o colaborador acaba por trabalhar pensando em seus problemas. É o que chamamos de presenteísmo, quando ele está apenas de corpo presente na empresa, mas não produz. Há casos também de profissionais que sequer vão trabalhar, seja por motivos de saúde ou por precisarem resolver seus problemas financeiros. Chamamos isso de absenteísmo”, aponta Domingos.

Ao auxiliar seus colaboradores, a empresa também sairá ganhando, principalmente no que se refere à produtividade. “O presenteísmo e absenteísmo atrapalham os negócios da empresa. Com uma equipe motivada, saudável financeiramente e focada apenas no trabalho, com certeza a corporação crescerá mais”, finalizou o mestre em Educação Financeira.

Como a empresa pode ajudar?

Pensando em auxiliar as empresas e seus colaboradores, a DSOP oferece o Programa DSOP de Educação Financeira nas Empresas, ideal para qualquer empresa que deseja melhorar a produtividade de seus funcionários.

Este programa é totalmente estruturado e flexível, ou seja, pode ser adaptado para a necessidade de sua empresa. O objetivo é auxiliar e motivar as corporações e seus colaboradores para que possam reavaliar sua relação com o dinheiro e encontrar, por méritos próprios, os caminhos para a independência financeira.

Melhore o clima organizacional da sua corporação! Conheça o Programa DSOP de Educação Financeira nas Empresas e aumente a produtividade dos seus colaboradores!