11-10-colegiogranleone1

O Colégio Gran Leone, localizado em Ribeirão Pires (SP), aplica a disciplina de Educação Financeira desde a Educação Infantil até o Ensino Fundamental II. A adoção aconteceu após uma palestra ministrada no próprio Colégio pelo educador e terapeuta financeiro, Reinaldo Domingos.

“Nosso primeiro contato com a DSOP foi com o livro O Menino do Dinheiro que adotei com uma turma do 5º ano para a realização de um projeto. Após a leitura, convidamos o Reinaldo para uma tarde de autógrafos e ele aceitou. A partir daí conhecemos todo o Programa DSOP de Educação Financeira nas Escolas e adoramos”, contou Roberta Rocha, coordenadora Pedagógica do Colégio.

Após este primeiro contato, o Colégio logo procurou informações sobre o Programa. Segundo Roberta, o pilar “Sonhar” da Metodologia chamou bastante a atenção: “Adotamos o material, pois achamos interessante a proposta de trabalhar com o conceito de Educação Financeira a partir dos seus próprios sonhos, assim não se trabalha o valor do dinheiro em si, o dinheiro pelo dinheiro, mas o dinheiro como meio para a realização dos sonhos”, destacou a coordenadora.

11-10-colegiogranleone2Alunos do Colégio Gran Leone aplicam desde cedo a Educação Financeira

Ao implantar a disciplina de Educação Financeira na escola, a aprovação dos pais e alunos foi praticamente imediata. “Percebemos algumas mudanças em relação aos pais e alunos, principalmente na adoção da semanada e as orientações dos pais aos filhos de acordo com a Metodologia DSOP. Tivemos relatos de famílias que passaram a usar a Metodologia vivenciando este aprendizado com os filhos”, contou Roberta.

O técnico de Operações e pai de alunos do Colégio, Emerson da Silva, acredita que a Educação Financeira agregará ainda mais no aprendizado deles: “Eles estão mais atentos ao custo das coisas, o valor do dinheiro e a importância de poupar. Já discutimos sobre mesada, as vantagens de consumo e importância de economizar”, afirmou.

A dentista Daniela Teixeira de Queiroz Agostinho opina que é importante que as crianças tenham conhecimento sobre o que dinheiro representa desde cedo. “Minhas filhas estão dando bastante valor ao dinheiro e tendo bastante discernimento em como gastá-lo. Estão sempre diferenciando o que é realmente necessário do que é supérfluo e elas compreenderam tudo exatamente”, exaltou.

11-10-colegiogranleone3Crianças levam o aprendizado que obtiveram na escola para suas famílias

Roberta vê a Educação Financeira como um passo importante para o futuro dos alunos. “Acredito que seja fundamental o trabalho com este tema, pois temos uma geração consumista e imediatista. O aprendizado na infância permite o desenvolvimento de hábitos que serão muito importantes na vida adulta. Nós adultos sentimos a dificuldade de transformar hábitos, muito mais fácil é incorporá-los desde a infância”, afirmou a coordenadora. “O trabalho de sala é o de ensinar, conscientizar e mostrar os caminhos, fora de sala buscamos ensinar também os pais para que eles possam vivenciar os ensinamentos”, finalizou.

Por Pablo Ribera/ DSOP