O educador financeiro DSOP Rafael Fujikake ministrou na quinta-feira, 14, uma palestra sobre Educação Financeira para os pais de alunos do Externato Gente Múda, localizado na Zona Sul de São Paulo.


 

O objetivo da palestra foi mostrar o quanto é importante se educar financeiramente, tanto para os pais quanto para as crianças, e apresentar a Metodologia DSOP.

Segundo a diretora da escola, Elaine Xavier, a Educação Financeira foi implantada após ver uma escola que já adota a disciplina: “Meu filho estuda no Colégio Bosque e lá ele tem aulas desta matéria. Achei interessante e, após participar da Rabbit e ver o material que a DSOP oferece, optei por adotar a disciplina na nossa escola”, explicou.

Em um primeiro momento, os pais não entenderam a adoção da Educação Financeira, uma vez que alunos a partir dos 3 anos assistem as aulas. “Uma mãe nos perguntou como faríamos para ensinar as crianças e nós mostramos o material. Ela ficou encantada, já que antes não acreditava que isso poderia ser aplicado com elas”, contou a coordenadora, Rosemeire Mendonça. “Agora os pais já aprovaram e estão gostando bastante. Servirá também para a mudança na cultura dos adultos”, complementou Elaine.

Os pais confirmaram as palavras da diretora após a palestra. A publicitária Juliana de Souza Ferreira, irmã de Hemilly, de 6 anos, elogiou bastante a iniciativa: “Adorei, achei a palestra muito esclarecedora. É importante que as crianças saibam desde cedo, já que nós, adultos, não tivemos isso na escola”, opinou.

Cristina Lima Caetano, secretária e mãe do Giovanni, de 2 anos, também acredita na importância desta disciplina para as crianças: “Acho que é perfeito para ele. Se eu tivesse esta oportunidade quando estava na escola, com certeza teria outra vida”, afirmou.

O Externato Gente Miúda adotou a Educação Financeira em 2013 e oferece para todas as turmas: desde a Educação Infantil até o Ensino Fundamental I.

Por Pablo Ribera/ DSOP