No sábado, 13 de setembro, a DSOP Educação Financeira recebeu diretores, coordenadores e professores de colégios particulares durante o Workshop gratuito de Educação Financeira para Educadores, evento que visa apresentar o Programa DSOP de Educação Financeira nas Escolas.


Ana Rosa comandou o Workshop e apresentou o Programa DSOP de Educação Financeira nas Escolas

Na ocasião, a diretora pedagógica da DSOP, Ana Rosa Vilches, explicou o funcionamento do Programa, apontou a importância de educar financeiramente os alunos e apresentou a Metodologia DSOP. “É um evento muito bom, no qual conseguimos, além de apresentar a Metodologia DSOP, fazer com que as pessoas entendam qual é o propósito da Educação Financeira nas escolas e apresentar o nosso Programa de Educação Financeira. É muito importante que as escolas venham para conhecer o projeto”, destacou Ana Rosa.

A diretora editorial da Editora DSOP, Simone Paulino, apresentou palestra sobre os livros didáticos e paradidáticos

Os representantes de escolas aprovaram o evento. “Achei muito valioso, muito bom. Creio que valeu a pena ter vindo. Acredito que se a maioria dos colégios implantarem esta disciplina, irão contribuir para que as crianças e jovens cresçam com maior sustentabilidade e que sejam menos consumistas”, opinou José Luiz de Campos, professor do Colégio Flamingo.

Cerca de 20 representantes de escolas participaram do evento

A diretora da Escola Ursinho da Neném, Patrícia Muniz de Gouveia, já conhecia a DSOP, mas mesmo assim achou importante participar do Workshop. “Eu já conhecia a DSOP através da Rabbit e gostei bastante. Pretendo inserir em minha escola. A importância é bastante grande, acredito que deve ser ensinado aos alunos desde crianças”.

O presidente da DSOP, Reinaldo Domingos, participou do sorteio de um tablet personalizado

Simone Sales Bork, professora do Colégio Decisão, também gostou do evento. “Achei bem interessante e produtivo. Levarei estes aprendizados tanto pro lado pessoal quanto profissional”, apontou Simone. “Acho que é importante, pois hoje em dia as crianças precisam valorizar mais o dinheiro”, finalizou.

Por Pablo Ribera / DSOP