FGC – Fundo Garantidor de Crédito

PorEdward Claudio Jr

Você sabe o que é o FGC? Será que é mais uma daquelas siglas que passam desapercebidas à maioria das pessoas? Se você tem conta corrente e investe o seu dinheiro na Caderneta de Poupança, no CDB (Certificado de Depósito Bancário), nas LCIs (Letras de Crédito Imobiliário), acho que você vai gostar de saber que existe o FGC.

A Inércia e os sonhos

PorRoger Cegagno

Os sonhos são simplesmente os desejos veementes, vivos e intensos que todas as pessoas têm ou podem vir a ter por algo. Estes sonhos fisicamente falando são todas as invenções criadas no decorrer do desenvolvimento humano para facilitar e prover maior conforto e qualidade de vida ao homem, e dadas às circunstâncias atuais são as que mais afetam o dia a dia das pessoas, pois elas buscam ardentemente possuir e consumir cada vez mais destes bens. Num contexto mais intelectual e emocional poderíamos citar o conhecimento, o bem-estar, a segurança, o reconhecimento, a realização financeira, enfim, todas as formas de felicidade que constantemente buscamos, mas que são cada vez mais raras em nossas vidas.

Como realizar nossos sonhos

PorRoger Cegagno

Minha primeira experiência a esse respeito foi quando minha filha de 16 anos me questionou sobre por que ela precisava participar dos meus sonhos e não somente nos dela. Refleti muito a respeito, conversei com amigos mais experientes e expliquei a ela que os meus sonhos não poderiam ser realizados se todos em casa não compartilhassem deles, e que os dela seriam mais facilmente realizados também se todos nós estivéssemos em consonância e envolvidos nestes anseios.

Preços assustam, mas alerta é para consumo exagerado.

PorEdward Claudio Jr

   A palavra mais pronunciada do momento na economia nacional é inflação. Preços em alta são alardeados como ameaça à era de estabilidade. E após anos sem se preocupar em olhar etiquetas nas gôndolas, o brasileiro está reaprendendo a consumir e de volta às listinhas. A maior dica de especialistas e de quem frequenta supermercados…

Na luta para sair das dívidas

PorDaniel Sanchez

Muitas delas usam o crédito para rolar uma dívida anterior, outras para consumir mais ou ainda, para complementar a renda até o fim do mês. Seja num caso ou noutro, num primeiro momento contraem nova dívida para pagar anteriores e no futuro próximo, têm como consequência a inadimplência e acabam negativadas, com o “nome sujo na praça”.