Web Conferência gratuita ensina a investir

Por

Para possibilitar aos internautas mais informações sobre seu método inovador de educação financeira DiSOP, contido no livro que é um sucesso Terapia Financeira, e como investir o dinheiro que pouparam, Reinaldo Domingos, educador e terapeuta financeiro realizará a Web Conferência DiSOP “Onde Aplicar Seu Dinheiro”

Tem noção de quanto custa um filho até os 23 anos?

Por

Para dar conta de gastos com alimentação, vestuário, escola, saúde, transporte e despesas diversas, é preciso preparar o bolso: são cerca de R$ 476 mil até a formatura, baseado no rendimento de uma família de classe média, que ganhe em torno de R$ 4 mil mensais.

Carro sem IPI é isca das revendas

Por

Dez dias após o final do benefício de redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre veículos, ainda é possível achar carros com preço antigo, e as concessionárias usam essas últimas unidades com desconto para atrair mais clientes no fim de semana. Mas, antes de fechar negócio, é preciso fazer as contas e não se esquecer dos gastos que acompanham um automóvel.

Brasil tem primeira pós-graduação em educação financeira

Por

O mercado para profissionais especializados em educação financeira já está consolidado no país. O número de empresas, escolas e instituições que buscam esse tipo de diferencial é crescente, enfrentando em contraponto a escassez de pessoas capacitadas.

Cegonha pesa nas contas

Por

Prepare o bolso que o bebê está a caminho. A notícia da gravidez mexe com a rotina, mas também com o orçamento da casa. Os gastos para montar o enxoval e preparar o quarto do recém-nascido aumentam mês a mês ao longo da gestação. À medida que a barriga da mulher cresce, mãe e pai fazem contas e, em função do filho, não pensam duas vezes em cortar despesas pessoais, se preciso. Para o herdeiro, vale tudo do bom e do melhor.

Viva bem sem renda fixa

Por

Vida de trabalhadora autônoma tem lá suas vantagens: liberdade de horário, férias quando bem entender, nada de chefe por perto…

Clientes compram mais por causa dos cartões das lojas

Por

Os cartões oferecidos pelas grandes redes não são usados apenas para facilitar – e incentivar – as compras. Servem para fidelizar o cliente no ato da compra – porque ele resolve “levar uma pechincha a mais”, já que a parcela vai ser pequena – e na hora do pagamento. A maioria das lojas não tem sistema de pagamento bancário, o que obriga o cliente a ir até o estabelecimento todo mês para pagar a parcela.

Diferença no cheque especial pode chegar
até 82% a depender do banco

Por

A geladeira está vazia, as contas de consumo não param de chegar e, para piorar a situação, falta saldo na conta corrente. Se não há outra saída senão recorrer ao crédito, é necessário pesquisar muito antes de tomar qualquer decisão. Especialistas alertam que, além de avaliar qual modalidade de crédito é mais vantajosa, é importante também comparar as taxas aplicadas pelos bancos, pois elas variam em até 82% no cheque especial e 33% no empréstimo pessoal.

12 passos para controlar a vida financeira

Por

Entre 80 e 100 milhões de brasileiros encontram-se em situação de endividamento por cheque especial, cartão de crédito ou por financeiras. Quase 70% da população têm algum tipo de dívida e apenas 10% possuem perfil de investidor. Mudança de hábitos com relação ao consumo e disciplina nos gastos são alguns dos pilares para deixar as dívidas ou não adquiri-las e maneiras de conquistar metas.

Mulher é melhor com finanças

Por

Se as mulheres ainda duvidam que elas são melhores que os homens com as finanças, os especialistas não têm mais dúvidas. O sexo feminino está cada vez mais à frente de grandes empresas e duas mulheres já despontam como pré-candidatas à presidência da República nas eleições deste ano. São a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) e a senadora Marina Silva.