Economia
Tendência

Como a inflação desvaloriza seu salário todos os dias 

Por | Andreia Lima

Muito se fala sobre inflação e como ela afeta diretamente nosso dia a dia e o estilo de vida que levamos.

Antes de mais nada é preciso dizer que inflação nada mais é que um termo dado ao aumento dos preços de produtos e serviços. Sendo assim, ela representa o aumento no custo de vida e, consequentemente, a redução do poder de compra.

Muitas pessoas ainda dizem não saber o que é inflação, mas uma coisa é certa: os efeitos gerados por ela afetam o bolso de todos nós.

Por isso, aprender mais sobre esse assunto é importantíssimo para controlar a sua vida financeira e entender melhor o que acontece com seu dinheiro com o passar do tempo.

Mas o que é inflação, de fato? E por que ela desvaloriza seu salário todos os dias?

Uma das formas mais simples de sentir o aumento da inflação é andando pelos corredores dos supermercados.

Você já deve ter notado que, hoje em dia, os preços de alguns itens nas prateleiras são muito maiores que há alguns anos. A inflação é a grande responsável por isso. 

Você também pode ter percebido o impacto da inflação em itens como: combustível, aluguel, automóveis, entre outros.

Como já foi dito, a principal consequência da inflação é a desvalorização do seu dinheiro, ou seja, a diminuição do seu poder de compra ao longo do tempo, com o aumento dos preços das mercadorias e a desvalorização da moeda.

Por mais que geralmente haja reajustes salariais todos os anos, essas correções não são realizadas ao mesmo tempo em que os preços são reajustados. Sendo assim, continuamente a inflação gerará uma perda real de consumo, em algum momento.

Algo que também impacta diretamente na desvalorização do seu salário foi o fato do reajuste do salário mínimo ter ficado abaixo da inflação acumulada em 2021.

O salário mínimo, determinado em R$1.212,00 para este ano, não repõe a inflação de 2021. Isso porque o reajuste do piso salarial nacional, de 10,02%, fica abaixo do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que registrou alta de 10,16% no ano passado.

Nesta situação, o salário mínimo deveria aumentar para R$1.229,00 para repor a inflação, como determina a constituição.

Quais são as causas?

Diversos fatores podem influenciar na inflação, sendo as principais causas: questões climáticas e políticas, disparada da taxa de câmbio, desajustes entre oferta e demanda por bens e serviços. 

Separamos um link com mais informações sobre as causas da inflação.

 Quais são os principais índices de inflação no Brasil?

A inflação é medida por diversos índices como: IPCA, INPC, IGP-M, IPA, IGP10 e IPC-S, mas os mais comuns são:

IPCA – índice de preços ao consumidor amplo que é o indicador oficial da inflação no Brasil.

INPC – índice nacional de preços ao consumidor

Cada país possui órgãos responsáveis por determinar esses índices inflacionários. No Brasil, temos o IBGE.

Esses índices da inflação servem para medir a variação dos preços de itens que a população mais consome e esses resultados mostram se o preço aumentou ou diminuiu de um mês para outro.

IPCA e INPC se diferem apenas pelo termo “amplo”.

Enquanto o INPC calcula a variação de custo de vida das famílias com renda mensal de até 5 salários mínimos.

 O IPCA, como dissemos, é mais amplo e calcula a variação de custo de vida para famílias que recebem até 40 salários mínimos. 

Como ela é calculada?

Por ter um impacto direto em diferentes aspectos da vida do consumidor, a inflação não é medida por um índice único, como já vimos acima. 

No Brasil, os pesquisadores do instituto entrevistam famílias para saber onde e o que compram.

A partir dessa lista, são estipulados quais itens vão entrar na cesta de produtos mais consumidos pela população e o peso que cada um deles terá para o cálculo da inflação. 

O preço do arroz, por exemplo, alimento presente em praticamente todas as mesas brasileiras, terá um peso maior no cálculo do IPCA do que o macarrão. 

Feito esse processo, os pesquisadores organizam outro relatório, agora com os comércios, onde será feita a checagem de preços dos produtos mais consumidos.

Com todos os dados reunidos, os técnicos do IBGE chegam aos valores dos índices para um determinado período.

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre o que é inflação e como ela afeta diretamente a sua vida, separamos um conteúdo para que você possa descobrir formas simples de como proteger o seu dinheiro clique aqui. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo