Vídeos
Tendência

Endividamento no Brasil: você está endividado?

Segundo pesquisa elaborada pela Confederação Nacional de Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o endividamento no Brasil supera os 75%.

Por | Paulo Paquera

Você se considera uma pessoa endividada ou acha que, por pagar suas contas em dia, está livre desse “título”?

Este artigo mostra que essa porcentagem é, na verdade, muito maior, se considerarmos algumas situações bastante pertinentes, e que o endividamento no Brasil ao contrário do que pregam, não é algo realmente preocupante.

Certamente você já escutou a expressão “quem não tem dívidas, não tem nada”, mas será que essa é uma afirmação verdadeira? É possível conquistar objetivos materiais e imateriais sem contrair nenhuma dívida?

O verdadeiro endividamento no Brasil

Todo cidadão possui dívidas, por mais que honre com seus pagamentos em dia, sem atrasos, ou compre tudo o que precisa à vista.

Quando a pesquisa citada no início do texto aborda o endividamento no Brasil, é importante saber diferenciar sobre qual tipo de dívida estamos falando.

A conta de luz da sua casa é uma dívida. Você consome o produto (energia) durante um período de 30 dias e, posteriormente, a empresa gera uma fatura.

Caso seu celular seja pós-pago, você tem uma dívida. Se você financiou um imóvel ou um carro, você tem uma dívida. Se parcelou algo no cartão de crédito, você tem uma dúvida.

Podemos afirmar que dívida é tudo aquilo que você utiliza/consome antes de pagar o valor preestabelecido por determinado produto/serviço.

Levando essa informação em consideração, será que os dados da pesquisa ainda seriam os mesmos ou o endividamento no Brasil chegaria perto dos 90%, 95%?

Estar endividado é uma condição natural para quem tem uma renda ativa, já que precisa comprar ou pagar por aquilo que ainda não tem. Ruim mesmo é quando chega a situação de inadimplência.

O que é inadimplência?

A inadimplência é o que torna o endividamento no Brasil preocupante. Neste ponto do artigo você já entendeu que qualquer pagamento futuro é uma dívida – que se torna inadimplente caso tal serviço ou produto não seja pago na data de vencimento.

Como a inadimplência afeta sua vida?

Bom, primeiro de tudo o seu nome – seu bem mais precioso – é registrado no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e no Serasa, compartilhando seu histórico inadimplente para quem consultar seus dados.

Esse registro, literalmente, tira sua moral de bom pagador perante o mercado, reduzindo seu Score, impedindo de realizar novos financiamentos, empréstimos ou de ter um simples cartão de crédito no banco.

Além de causar desorganização financeira pessoal e familiar. Sabe aqueles planos de trocar de carro, reformar a casa, viajar com a família? Esquece.

Sempre que uma conta atrasa, implica em duas principais consequências: 

Primeiro: você perde o direito de consumir determinado serviço até que a conta seja quitada. 

Segundo: os juros sobre o atraso correm diariamente, se acumulando e aumentando o valor da sua dívida.   

Para colocar a casa em ordem é necessário dar um ou dois passos atrás, se planejar e pagar as dívidas que te impedem de prosperar financeiramente.

Fale abertamente com os membros da sua família, exponha suas condições e viva de acordo com o seu real padrão de vida. Quando todos estão envolvidos, é mais fácil organizar as finanças e sair dessa situação incômoda.

Afinal, o endividamento no Brasil é um problema?

O veredicto final, é: não! Ter dívidas não é, nunca foi e nunca será um problema. Mas é importante deixar claro, as dívidas não são um problema para quem sabe o que está fazendo com o dinheiro.

Dívidas sustentáveis, pensadas e planejadas são, na verdade, a solução, tornando aquela afirmação “quem não tem dívidas, não tem nada” totalmente verdadeira.

Entretanto, para quem possui um recorrente descontrole financeiro, as dívidas passam de sustentáveis para inadimplentes com uma velocidade assustadora, se tornando um verdadeiro tormento psicológico, afetando sua vida pessoal e profissional diretamente.

O que achou do conteúdo de hoje? Afinal, você sabia que estar endividado é uma situação natural e pode ser até uma solução? Bom, para aprofundar ainda mais neste tema, assista ao vídeo abaixo, você vai se surpreender. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo