Artigos

Fugindo das dívidas no Dia das Crianças

Datas comemorativas, geralmente, trazem gastos que acabam ultrapassando o limite do orçamento financeiro. E o Dia das Crianças é uma delas, até porque, tem um apelo um pouco maior: ver o sorriso de satisfação e alegria dos pequenos por terem ganhado o que tanto queriam. No entanto, a data não precisa – e não deve – ser sinônimo de endividamento, e sim de educação financeira.

Para isso, é só se planejar, conversar abertamente com as crianças, perguntar o que elas gostariam de ganhar, pesquisar preços e ver se cabe no bolso. Elas sempre terão várias opções de presentes que querem ter, o que facilita na hora de analisar e decidir qual é possível comprar. O grande segredo é ser sincero com a criança, mostrando que está interessado nos desejos dela e que realizará, se for possível.

É claro que isso deveria ter feito com mais antecedência, não agora, faltando pouco menos de duas semanas para a data. As pessoas precisam se acostumar a fazer essa programação, reunir a família no final do ano para conversar sobre o orçamento financeiro do ano seguinte, já prevendo alguns gastos, como aqueles fixos e os de datas comemorativas. Assim, quando chegar o momento, ficará mais fácil e seguro de concretizar.

Esse planejamento também trará um grande ensinamento às crianças, sobre poupar antes de gastar, podendo comprar à vista e com desconto. Acreditem, elas são mais observadoras do que pensamos, e tomarão como exemplo o que nós fazemos hoje para formarem parte de sua identidade e agirem no futuro. Então, que sejamos bons exemplos a serem seguidos, certo?

Antes de sair às compras

Mesmo para quem não conseguiu ver essa questão com antecedência, há algumas orientações que ainda podem ser analisadas, antes de saírem às compras:

– Pesquise em, pelo menos, três lugares diferentes (tanto pela internet como em lojas físicas). Dependendo do produto ou serviço, a diferença de preço pode ser considerável;

– Respeite o padrão de vida e não se precipite comprando algo que não possa. Veja as opções de presentes, saiba os preços e analise bem o seu orçamento financeiro, para ver se é possível;

– Se tiver que comprar a prazo, não esqueça de fazer as contas, somando as outras parcelas que já possui, para não extrapolar o limite mensal;

– Não esqueça: o mais importante é estarem todos juntos, comemorando e passando momentos felizes, e não apenas os bens materiais.

Feliz Dia das Crianças!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo