Artigos

Esqueça o INSS – saiba como se aposentar

O sonho da aposentadoria está cada vez mais distante para os brasileiros, especialmente agora, com a provável reforma na Previdência Social. Atualmente, mesmo os que conseguem se aposentar, precisam continuar trabalhando porque o benefício do INSS é muito baixo. Para o trabalhador, este é o momento de buscar educação financeira para garantir seu futuro sem depender de ninguém.

INSS

Com a reforma, só terá acesso a 100% do salário do INSS quem trabalhar por 49 anos. A aposentadoria por tempo de serviço será eliminada, além das diferenças entre homens e mulheres. Ao trabalhador, resta buscar alternativas, afinal, ter que trabalhar até os últimos dias de sua vida não pode ser uma opção.

Portanto, defina o padrão de vida que deseja ter ao se aposentar. Aposentadoria segura não significa ser milionário e sim ter boa qualidade de vida, com acesso à saúde, lazer e com condições de consumir aquilo que precisa e deseja. Atualmente, mais de um terço, 33,9% dos aposentados brasileiros, continuam trabalhando para complementar a renda, segundo pesquisa do SPC Brasil e da CNDL.

Encontre um percentual de sua renda que possa poupar, pois se deixar para guardar apenas a sobra, dificilmente irá conseguir. Quanto mais cedo começar a poupar, mais agressiva pode ser a estratégia.

Quem está na casa dos 20 anos, pode formar uma reserva de emergência entre 6 e 12 meses de salário, e a partir daí investir todo o resto nesse sonho. Guardando R$ 300 por mês, em 30 anos, pode se ter cerca de R$1 milhão.

Entenda que você precisa acumular um capital que renda o dobro do que deseja ter mensalmente. Por exemplo: caso deseje obter dessa aposentadoria privada R$ 2 mil por mês, seus investimentos precisarão render R$ 4 mil por mês.

Assim, você saca metade e deixa a outra metade rendendo, para que o dinheiro se recapitalize e se preserve. Elaborei uma planilha que faz esse cálculo automaticamente, basta incluir as suas informações. Baixe “Cálculo de Aplicação para Independência Financeira” neste link http://www.DSOP.com.br/downloads-arquivos/

Caso tenha dificuldades para poupar mensalmente, oriento que faça um diagnóstico financeiro por 30 dias, anotando todas as despesas, separando por categorias (como alimentação, transporte, vestuário, educação, guloseimas, etc). Assim reconhecerá o seu comportamento financeiro e saberá quais hábitos pode mudar para diminuir ou eliminar despesas e conseguir poupar para a aposentadoria.

Poucos têm o hábito de pensar em médio e longo prazo, mas o momento é de mudança comportamental. Afinal, não dá para depender da Previdência Social que, com esta reforma, visa retardar a aposentadoria dos brasileiros.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo