Economia
Tendência

Novidades sobre a restituição do Imposto de Renda 2022

A restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física será realizada em 5 lotes, entre maio e setembro de 2022. Neste ano, o contribuinte também contará com algumas novidades que irão facilitar muito esse processo. 

Por | Andréia Lima 

Antes de mais nada é preciso explicar que o Imposto de Renda é cobrado sobre o total de rendimentos de cada pessoa. 

Isso significa que, ao fazer a declaração, o contribuinte pode ter um valor de restituição a receber ou ter que pagar imposto ou valor adicional ao governo.

Mas primeiro, é importante entender que a declaração é, na verdade, um ajuste de contas, já que boa parte da arrecadação é feita antecipadamente. 

Por exemplo, no caso de trabalhadores com registro em carteira, o tributo é retido diretamente na folha de pagamento todos os meses. Se na análise da declaração a pessoa tiver pago mais impostos do que deveria, ela recebe a restituição.

No mês passado o lote de restituição do IRPF do mês de março de 2022 ficou disponível para consulta. Esse lote contempla restituições residuais de exercícios anteriores.

Mesmo que a entrega da declaração do Imposto de Renda 2022 possa ser feita até o dia 29 de abril, a antecedência no envio pode ajudar a garantir um lugar privilegiado na fila da restituição. 

Isso porque, quanto mais cedo o contribuinte entregar o documento, maior a chance de ele entrar nos primeiros lotes. 

O primeiro lote de devolução é destinado aos idosos, pessoas com deficiência e professores.

A restituição do IR 2022 (ano-calendário de 2021) será efetuada em cinco lotes, nas seguintes datas: 

  • 1º lote –  31 de maio de 2022; 
  • 2º lote – 30 de junho de 2022;
  • 3º lote – 29 de julho de 2022; 
  • 4º lote – 31 de agosto de 2022; 
  • 5º lote – 30 de setembro de 2022

Como entregar a declaração mais rápido 

A principal orientação para conseguir entregar a declaração mais rápido e aumentar os ganhos na restituição é conhecer as regras do Imposto de Renda 2022. 

Para não cair na malha fina, estude bem sobre o que deve ser informado e como preencher as informações de bens e rendimentos da forma correta.

Além disso, separe com cuidado e antecedência todos os documentos necessários para o preenchimento das fichas. 

Outro ponto importante é tentar se lembrar de como foi feita a declaração no ano anterior, assim você consegue prever o que será cobrado em 2022.

Também é fundamental não deixar a entrega para a última hora e lançar todas as despesas dedutíveis possíveis. 

E, não se esqueça de guardar os recibos e notas fiscais das despesas até o processamento final da declaração

Ao fazer a declaração simplificada, o contribuinte consegue o desconto padrão de 20% sobre a soma de todos os rendimentos tributáveis recebidos. Na declaração completa, não há limite para o valor a ser deduzido.

Como saber se tenho restituição do Imposto de Renda 2022?

Antes de mais nada, é preciso verificar se quando você terminou de preencher a declaração do imposto de renda, o resultado do programa foi imposto a restituir. 

Caso a resposta seja sim, o valor excedente de imposto pago ao longo do ano de 2021 será devolvido na conta bancária indicada na sua declaração.

O valor da restituição é atualizado pela taxa Selic, acumulada a partir do mês seguinte ao do prazo final de entrega da declaração até o mês anterior ao pagamento, mais 1% no mês do depósito.

Uma vez encaminhado ao banco, o valor da restituição não sofrerá atualizações, independentemente da data em que for recebida a restituição. 

É possível consultar restituição a receber do imposto de renda. Basta colocar seu CPF, data de nascimento e ano exercício (no caso, 2022).

A restituição poderá ser recebida via PIX

Neste ano, o contribuinte pode informar sua chave Pix para recebimento da restituição. No entanto, a receita explicou que a chave precisa ser, necessariamente, o CPF do contribuinte. 

Número de celular, e-mail e chaves aleatórias não serão aceitas. As outras opções de crédito em contas correntes e poupanças seguem valendo.

Para quem tem imposto a recolher, o pagamento de DARF do IR poderá ser feito por PIX também. O documento virá com o código de barras para permitir o pagamento.

Para finalizar, é importante saber se você vai receber ou pagar mais, e para isso é preciso analisar as alíquotas da tabela de base de cálculo em vigor e fazer simulações de valores a serem pagos ou restituídos de acordo com a faixa de renda de cada pessoa.

Você sabia dessas mudanças sobre a restituição do Imposto de Renda 2022? Agora que você já sabe é hora de colocar a mão na massa, clique aqui e veja tudo sobre como fazer e quais as facilidades na hora de declarar o seu imposto de renda. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo