A Receita Federal liberou 1.478.232 restituições do Imposto de Renda de 2010 no primeiro lote, dando prioridade aos maiores de 60 anos

 

Já foi liberado para consulta o primeiro lote de restituição do Imposto de Renda (IR) da Pessoa Física de 2010 (ano-base 2009). O pagamento aos contribuintes será feito no dia 15 de junho. A Receita Federal liberou 1.478.232 restituições do Imposto de Renda de 2010 no primeiro lote, dando prioridade aos maiores de 60 anos. Essas declarações somam R$ 1,72 bilhão em restituições do imposto pago a mais pelos contribuintes e serão atualizadas pela taxa Selic do período de maio a junho de 2010, que foi de 1,75%.

 

Mas o que fazer com esse dinheiro que está entrando? É comum, por ser um ganho extra, muitas pessoas utilizem esse dinheiro de forma desordenada, apenas saciando os impulsos consumistas, contudo, para o educador financeiro, Reinaldo Domingos, autor do livro Terapia Financeira, é importante ficar atento para não desperdiçar essa chance de ajustar sua vida financeira: “A primeira preocupação das pessoas devem ser com as dívidas, quem estiver com financiamentos ou dívidas no cheque especial ou no cartão de crédito devem pagá-las ou reduzi-las o máximo possível, já que as taxas de juros são mais altas do que a lucratividade de qualquer aplicação segura”. Entretanto, Domingos alerta que é fundamental negociar essas contas antes de pagar, reduzindo ao máximo os juros e as multas.

 

Já para os contribuintes que não têm dívidas o ideal é investir o dinheiro, segundo Domingos nesta hora existem diversos tipos de investidores. “Existe o investidor ultraconservador que, geralmente, investe na poupança e tem uma rentabilidade de até 8% ao ano, já o conservador investe em fundos de renda fixa e pode lucrar até 14% ao ano. O investidor um pouco mais arrojado investe em um fundo de investimento e pode ter a rentabilidade de 15 a 17%. Por fim, o investidor arrojado investe na bolsa de valores e pode ter a rentabilidade de até 100%, mas também pode perder tudo, já que é um mercado de risco”.

 

Sobre o melhor tipo de investimento no momento, Domingos acredita que o correto é chegar em um meio termo, não se esquecendo que o mercado nacional é muito suscetível ao mercado internacional. Outro ponto é com a queda do dólar se torna muito mais interessante à aplicação no mercado nacional.

 

Fonte: //www.administradores.com.br/informe-se/economia-e-financas/primeiro-lote-de-restituicao-o-que-fazer/34285/

 

Visite a Loja Virtual do Instituto DiSOP de Educação Financeira