Vivemos em uma sociedade consumista, habituada a gastar e consumir sem planejamento, infelizmente esse comportamento coloca milhares de brasileiros em situação de desequilíbrio financeiro, prejudicando as suas relações pessoais, familiares e profissionais.

Pensando nisso, o Instituto Educacional Paulo Freire passa a oferecer, na grade curricular de seus alunos, aulas de educação financeira baseadas no programa educacional DSOP, criado por um dos maiores especialistas no assunto em todo Brasil, o professor é educador financeiro Reinaldo Domingos. O programa foi apresentado aos pais em duas palestras, oferecidas em dois períodos (manhã e tarde), onde os pais puderam ver a importância de começar, desde cedo, a cultura da poupança e do valor do dinheiro com os seus filhos. Aliás, segundo o professor Reinaldo, todo e qualquer programa de educação financeira começa com reuniões familiares.

“Quando a criança começa a ter contato com o dinheiro, ela precisa saber para que existe o dinheiro e como funciona essa troca. Ela deve ter a consciência de que dinheiro é um meio. Nesse momento, os pais devem chegar à criança e dizer que dinheiro deve ser respeitado, que não leva desaforo. Que ela deve ter um cofrinho e começar a planejar os seus sonhos”, disse o professor Reinaldo.

Segundo ele, os pais não podem deixar que a criança fique à deriva. “As famílias devem fazer uma reunião agradável, mostrando sempre o valor das coisas, a importância de se economizar água, luz e que tudo tem correlação na quantidade de dinheiro que ela terá para realizar seus sonhos. A criança sempre busca uma troca. Ela chega à conclusão que, se ficar menos tempo no chuveiro, por exemplo, sobrará mais dinheiro para fazer outras coisas”, disse o professor.

Quanto à iniciativa da Escola Paulo Freire, o Professor Reinaldo ressalta o pioneirismo. “A Escola Paulo Freire é uma referência no MS e percebemos que sua diretora, Professora Adelina Maria Avesani Spengler, é inovadora”.

“O projeto é piloto nas escolas de ensino médio e fundamental. A Escola Paulo Freire sai na frente, oferecendo 26 livros no programa, onde a criança aprende gradualmente na disciplina educação financeira a diagnosticar, sonha, orçar e poupar. A metodologia ensina a criança que poupando desde cedo alcançará sua independência financeira em sua fase adulta. Aos pais, orientamos a leitura do livro ‘Terapia Financeira’ e parabenizamos a iniciativa da Escola Paulo Freire”, disse Reinaldo Domingos.

Fonte: //www.acritica.net/index.php?conteudo=Noticias&id=24554&edicao=1508