Você já pensou em como a organização de sua carteira e bolsa pode refletir em sua educação financeira? Pois é, pode parecer algo irrelevante mas este pequeno detalhe pode fazer grande diferença para a realização dos sonhos materiais.


Uma carteira bem organizada faz muito bem para o bolso. Não tenho dúvida que manutenção é importante. Aglomerar cartão, dinheiro e cheque pode gerar um descontrole nos gastos. É como achar que está rico porque o bolso tá cheio, quando se trata de uma (doce) ilusão, que pode ser repassada para a conta bancária.

Pense um pouco, quantas vezes não comprou algo por impulso apenas por ter dinheiro na carteira, ou deu aquela velha desculpa de estar com uma nota alta e precisar trocar para comprar um doce, uma lembrancinha ou qualquer outra coisa que não necessitava realmente, então, é importante ter dinheiro na carteira? Com certeza, para gastos já definidos e sempre um extra para imprevistos. Quanto maior a quantidade de dinheiro que se tem na carteira, maior a chance de gastar.

Além disso, há a questão da segurança, uma carteira grande e grossa chama atenção pelo volume, ainda mais quando você abre dentro da loja, assim a chance de ser vítima de roubos é muito maior, e se estiver com muito dinheiro o prejuízo será muito maior.

O dinheiro é apenas uma das questões relacionadas às carteiras, existem também o problemas dos cartões que se acumulam causando um verdadeiros festival de cores e bandeiras, ferramentas que, sem controle causam dívidas na certa. É preciso organizar e levar apenas o necessário, nada de vários cartões, apenas um com a data de vencimento mais adequada e um de débito.

Outro ponto é o acumulo de papelada, como notas fiscais, comprovantes de pagamento, contas bancárias. Muitas vezes, com a desculpa de ‘organizar as finanças’, o consumidor enche a carteira dessas notinhas e na verdade esquecem dessas despesas.

Assim, em vez de guardar inutilmente estas notas na carteira, o correto é ter em mãos um apontamento de despesas que possibilitam anotar os valores gastos sempre que fizer uma compra, mais isso apenas uma vez por mês a cada ano, ou quanto tiver uma variação muito grande de ganhos e gastos. Enfim, assim como em tudo na vida, a organização é importante até mesmo nas carteiras, evitando gastos compulsivos e o descontrole do orçamento.

Reinaldo Domingos, educador financeiro, presidente da DSOP Educação Financeira, Presidente da Abefin (Associação Brasileira dos Educadores Financeiros), autor dos livros Terapia Financeira, Eu Mereço Ter Dinheiro, Livre-se das Dívidas, Ter Dinheiro Não Tem Segredo, das coleções infantis O Menino do Dinheiro e O Menino e o Dinheiro, além da coleção didática de educação financeira para o Ensino Básico, adotada em diversas escolas do país.

Fonte: consumidorconsciente.eco.br/index.php/2012-11-22-13-04-47/item/507-com-carteira-organizada-controle-das-finan%C3%A7as-%C3%A9-maior