Esta é a quarta vez seguida que a taxa Selic cai; entenda o que isso significa e como irá atingir a sua vida

Selic

Na última quarta-feira, 23 de fevereiro, o Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) anunciou mais um corte da taxa Selic. Agora a taxa básica de juros da economia brasileira passou de 13 % para 12,25% ao ano.

O corte, de 0,75 ponto percentual, levou a Selic ao menor patamar desde o início de 2015, quando estava em 11,75% ao ano.

A redução também confirmou a expectativa da maior parte dos economistas do mercado financeiro. No fim de janeiro, o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, havia indicado que esse ritmo de corte de juros, implementado na reunião do Copom de janeiro, deveria ser mantido neste mês.

Mas o que é a taxa Selic?

A Selic é uma taxa referencial de juro. Ela é definida pelo Banco Central em reuniões periódicas. Sempre que o governo precisa de dinheiro, ele paga a taxa para captar recursos.

Em outras palavras, esta taxa é usada para operações de curtíssimo prazo entre os bancos, que, quando querem tomar recursos emprestados de outros bancos por um dia, oferecem títulos públicos como lastro, visando reduzir o risco, e, conseqüentemente, a remuneração da transação.

O presidente da DSOP e doutor em Educação Financeira, Reinaldo Domingos, explica no vídeo abaixo, do canal Dinheiro à Vista, sobre a Selic e sobre como ela afeta a sua vida e o seu bolso.

Confira:

Quer ter um ano diferente e lidar de outra forma com o dinheiro? Clique aqui e conheça uma Metodologia capaz de transformar a sua vida!