A maioria dos trabalhadores que sacou o saldo FGTS inativo priorizou o pagamento de dívidas em atraso, especialmente do cartão de crédito. A constatação é da Boa Vista SCPC, que realizou pesquisa em junho com 2.880 pessoas de todo o Brasil.

FGTS inativo

Essa atitude é válida quando for possível quitar a dívida por completo, do contrário é melhor pensar em uma renegociação, de acordo com o presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin), Reinaldo Domingos.

Ainda segundo a pesquisa, outros 16% optaram por pagar contas de concessionárias, como água, luz e gás; 10% arcaram com o pagamento de empréstimo pessoal e consignado e outros 10% quitaram dívidas com o cartão de lojas.

Analise antes de pagar

“Antes de sair pagando, analise todas as suas dívidas. Saiba o total, os juros, os prazos, enfim, reúna todas as informações possíveis. Então priorize para pagamento as de serviços essenciais (como água, luz e aluguel) e sobre as quais incidem mais juros, como cheque especial e cartão de crédito”, orienta Domingos.

Neste processo, é imprescindível fazer um diagnóstico financeiro, conhecendo todos os ganhos e gastos, para reduzir e até mesmo eliminar despesas. Assim saberá o quanto poderá pagar mensalmente ao renegociar as dívidas.

Renegocie as dívidas

“Após o diagnóstico financeiro, tente renegociar esses valores com o credor. Só então veja a possibilidade de usar o saldo inativo do FGTS para pagar tudo o que deve. Isso porque se não houver condições de pagar, é melhor nem procurar os credores, e sim organizar a situação primeiro”, orienta o presidente da Abefin.

Ao olhar para o endividamento, é possível que a pessoa tenha uma visão míope, de que a falta de dinheiro é a grande vilã e busque a saída do problema usando rendas extras. “O ideal é que tenha uma visão completa, enxergando a raiz do problema e buscando uma saída definitiva”, explica Domingos.

Estratégia para sair das dívidas

A solução definitiva do problema se dá pela mudança de hábitos e comportamentos que o levaram a essa situação em primeiro lugar. Afinal, dinheiro extra não deveria ser utilizado para quitar dívidas, o correto é planejar e ter despesas que caibam no orçamento mensal.

“O ideal é que pague mensalmente o valor renegociado e dê início a estratégia de poupar dinheiro. O hábito de poupar é algo que deverá levar consigo por toda a vida, deixando de ser endividado e inadimplente e se tornando alguém educado financeiramente, que se planeja para conquistar seus sonhos”, orienta Domingos.

Prazo final para saques do FGTS inativo

Atenção: a liberação dos saques das contas inativas do FGTS se encerra em 31 de julho.