No dia 15 de março é comemorado no mundo todo o Dia do Consumidor, momento de reflexão de nosso papel na luta de conquistar as melhores condições de compras. E um dos caminhos para isso é aprender a pedir descontos, ou em termo popular, “pechinchar”.

Dia do Consumidor

“Hoje observo que grande parte dos brasileiros ainda apresentam vergonha na hora de negociar, pois não está fazendo nada de errado e sim valorizando seu dinheiro”, afirma Reinaldo Domingos, PhD. em Educação Financeira.

Veja 10 orientações que Domingos preparou sobre o tema:

1- Diga o quanto quer pagar

Esclareça ao vendedor que quer comprar o produto ou serviço, mas que só pode pagar um valor menor. Ele quer fazer a venda, portanto deve fazer um esforço para conseguir o desconto que precisa ou pelo menos parte dele.

2- Negocie independente da forma de pagamento

Primeiro pergunte o valor parcelado sem juros. Depois, o quanto seria mais barato pagando à vista. Em seguida, veja se consegue parcelar o valor final (desde que caiba em seu orçamento). Assim terá as melhores condições de pagamento, desconto e nenhum juros.

3- Pague em dinheiro

Com dinheiro em mãos, você tem mais força para negociar. Os lojistas pagam taxas para utilizar a máquina de cartões, portanto no pagamento à vista você deve negociar o desconto referente a esta taxa.

4- Seja educado e cordial

Estabeleça um bom relacionamento com o vendedor. Pode parecer estranho, mas muitas pessoas não são educadas com os lojistas. Tendo empatia, eles estarão mais abertos a conceder descontos.

5- Vá às compras com alegria

Comprar o que deseja, após planejamento e poupança, é um momento feliz. Portanto tenha bom humor e descontração, assim terá maio jogo de cintura para conseguir descontos, além de ganhar a empatia do vendedor.

6- Não tenha vergonha

Nos preços de todos os serviços e produtos há gordura, ou seja, valores excedentes. Essa é justamente uma margem para barganha. Caso os vendedores não possam ou não queiram conceder, agradeça educadamente e procure outra loja.

7- Tenha tempo

Você deve ir às compras com tempo para conversar com os vendedores e também com disposição para ir em duas, três ou mais lojas para conseguir o melhor preço. É melhor gastar sola de sapato do que o dinheiro que você trabalhou muito para conquistar.

8- Saiba a hora certa de comprar

Se for comprar em estabelecimentos em que é difícil pedir descontos, como lojas de departamento e restaurantes com preços tabelados, prefira ir nos períodos de queimas de estoque e promoções.

9- Pesquise online

Os preços costumam ser menores online. Portanto inicie a sua pesquisa na internet, mas não deixe de ir às lojas, negociar “cara a cara”. Compare preços e negocie com os vendedores com base em sua pesquisa inicial.

10- Valorize pequenos descontos

Se um produto custa R$ 100 e você consegue por R$ 90, a economia é de 10%. Se custava R$ 15 e você pagou R$ 10, obteve um desconto de um terço do valor – diferença muito relevante. Valorize essas conquistas.