Artigos

Planejamento 2016: comece agora!

Hoje quero falar sobre algo importantíssimo, mas que poucas pessoas fazem: planejamento financeiro. Claro que não é possível prever tudo, no entanto, muitas coisas podem – e devem – ser traçadas com antecedência, para que sejam planejadas da maneira correta.

Sentar com a família, conversar, anotar, não é um hábito da população, mas deveria ser. Despesas que são fixas, que acontecem todo ano, podem ser colocadas no papel (ou numa planilha, aplicativo, etc.), juntamente com seus valores, para que o orçamento financeiro dos próximos 12 meses já comece a tomar forma. Exemplos: IPTU, IPVA, matrícula/material escolar, datas comemorativas, dentre outras.

Comece 2016 no azul! Participe do Curso DSOP de Educação Financeira e tenha um novo comportamento!

Mas esse controle não pode ser em vão, não pode ser algo automático, que se faz apenas pela obrigação; ele deve ser feito uma vez, na mesma época do ano, com a finalidade de ser usado como base para começar a poupar para pagar à vista e com desconto, quando chegar a hora, e principalmente para novas coisas que poderão vir ao longo do próximo ano. É com ele que as pessoas poderão saber com o que mais podem se comprometer, especialmente em relação à realização de sonhos.

Lembrem-se: nada acontece de novo se não mudarmos nosso comportamento. Se fizermos sempre a mesma coisa, do mesmo jeito, não haverá novos resultados. Por isso sempre reforço a importância da educação financeira, de buscar conhecimento sobre o assunto e aplicar no dia a dia, pois a eficiência é incontestável, comprovada por milhões de pessoas (escolas, empresas e pessoas físicas).

Com algumas despesas já programadas, o próximo passo é refletir sobre sonhos que se quer realizar, ou seja, objetivos de vida que se pretende alcançar, separá-los em curto (até um ano), médio (de um a dez anos) e longo prazo (acima de dez anos) e começar a destinar uma parte do dinheiro que se ganha para eles. Um adendo importante: aplique esses valores em tipos de investimentos mais adequados para cada prazo. Nem sempre o que oferece rendimento maior é o melhor.

Não é simples mudar hábitos enraizados, mas quanto antes começarmos, mais eficientes serão os resultados. Aposte na educação financeira para ter um 2016 com mais realizações de vida!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo