EducaçãoUncategorized

Procura por obras sobre Educação Financeira aumenta e Editora cresce 200% em 2021

Por | Paulo Paquera

Quem disse que crise só é sinal de prejuízo e perdas? Sempre foi e sempre será possível investir na Editora mesmo nos momentos difíceis e turbulentos, tudo depende da sua visão sobre empreendedorismo.

Segundo o presidente da Editora DSOP – Ph.D Reinaldo Domingos –, mesmo em meio às crises que abalam a economia brasileira, ficou claro que a falta de conhecimento em Educação financeira afeta em muito as famílias brasileiras.

Os últimos 2 anos exigiram grande reinvenção dos setores, em especial, a educação e as editoras.

Acostumadas com mídias físicas, encontraram no digital uma forma de continuar crescendo e alcançando cada vez mais espaço, transformando as páginas de livros em pixels, assumindo de vez o sistema híbrido na educação nacional.

Claro que isso não passou despercebido, já que, apesar dos números apontarem uma grande fragilidade nacional, mostraram também um outro lado da moeda, que gera luz no fim do túnel:

“Observamos um grande aumento do mercado editorial em relação ao tema de educação financeira, com destaque para vendas para área pública e cooperativa”, analisou o presidente da Editora DSOP.

“Com isso e pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), tivemos um percentual de crescimento, além de obras aprovadas com venda de quase 100 mil livros, ou seja, o cenário se mostrou muito aquecido”, completou Domingos.

Os dados apontam que a Editora vendeu aproximadamente 300 mil livros em 2021, contra 100 mil em 2020

Ou seja, mais de 200% de aumento nas vendas de obras didáticas, paradidáticas e de desenvolvimento pessoal.

“É importante citar que grande parte dessas obras acompanham os programas educacionais, desde o infantil até o ensino médio. As empresas públicas e privadas também fazem parte, visando à família como objetivo”, detalha o Ph.D em Educação Financeira.

Muitos fatores devem ser considerados nesse acréscimo, como o ano de ouro do mercado editorial, com crescimento de 31% em valores no início de dezembro de 2021, comparado ao mesmo período de 2020.

Contudo, o aumento do interesse pela educação financeira foi o grande destaque, de acordo com Domingos:

“A grande crise gerou uma enorme inflação nos preços dos produtos, reduzindo o poder aquisitivo, além de culminar em perdas financeiras expressivas, falando em investimentos, por exemplo.  

Por isso, é importante não cometer os mesmos erros de um passado recente. E essa consciência criou a necessidade de as pessoas aprenderem e evoluírem no tema da Educação Financeira.

Por esse motivo, a Editora DSOP aumentou seus investimentos, ampliou a sede, contando com mais de 1.500m² de instalações, chamada de CID – Central de Inteligência DSOP. Sem contar as parcerias trade, com Amazon, Magalu e tantas outras.

A Editora DSOP foi a pioneira no segmento de educação financeira no Brasil, sendo fundada em 2008 e hoje observa um grande retorno nos resultados.

A Editora investiu muito em novas obras estendendo tanto o universo da língua portuguesa, como também do bilíngue, em Inglês e Espanhol.

“Sua abrangência está em todas as fases da vida da sociedade, desde dois anos de idade até a fase adulta, sempre com materiais destinados às necessidades de seus clientes. Crianças, jovens e adultos”, analisa Reinaldo Domingos.

Para enriquecer ainda mais seu catálogo, a Editora está presente no empreendedorismo com obras consagradas, como: “EMPREENDER VITORIOSO”, possibilitando ao mercado empresarial uma nova luz e esperança.

A Editora se destaca por ser credenciada pela Associação Brasileira de Profissionais de Educação Financeira (ABEFIN), que lançou 30 novos autores, ratificando seu posicionamento no mercado nacional.

Além de conseguir destaque por adicionar materiais didáticos em escolas do ensino básico e superior, sendo: infantil, fundamental, médio, graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado.

Já no universo dos projetos sociais a Editora tem participação em diversas frentes, como o Sesame Workshop (Vila Sésamo).

No final de 2021 também abriu seus negócios no segmento de histórias em quadrinhos, que se tornou uma realidade de ótimos negócios para 2022.

A editora tem uma projeção de crescimento de 100%, consolidando-se como uma das melhores do mundo no segmento de Educação Financeira familiar e empresarial.

“Continuar investindo e focando em apenas um segmento é o segredo para o desenvolvimento de nossa Editora”, encerrou o presidente da Editora DSOP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo