Notícias para você

Quando vale a pena ter um carro?

Quando o jovem brasileiro inicia seu primeiro estágio conseqüentemente, sua primeira remuneração fixa ocorrerá e um dos primeiros sonhos que ele quer realizar é comprar o seu veiculo. Isso representa praticamente um sinônimo de liberdade, possibilitando o deslocamento para onde quiser sem depender dos pais ou dos transportes públicos. Entretanto, na realização desse sonho está o risco do descontrole financeiro. O jovem que não detém a cultura de controlar seu dinheiro adequadamente, dificilmente perceberá os reflexos que isso trará no seu bolso, principalmente pelo custo de manutenção deste veículo.

Mas, quanto custa o seu veiculo? Hoje com a facilidade de aquisição por meio de financiamentos alongados, chegando até 84 meses (sete anos), o que fica registrado na cabeça do jovem é que o custo do veiculo será somente a prestação mensal. Aí é que mora o perigo. Tem que prever o custo de manutenção mensal deste veiculo, que muitas vezes será maior do que o valor da prestação.

Se colocarmos no papel o gasto com o veiculo como: combustível, seguro, IPVA, DPVAT, manutenção, depreciação, estacionamentos, lavagem e eventuais multas, ao final do mês, veremos que ele será responsável por grande parte dos custos de nosso orçamento. Para se ter uma idéia, o custo mensal de um veiculo popular usado, no valor de R$ 10 mil, fica em média R$$ 600,00.

Somente como reflexão, muitas pessoas reclamam não ter conseguido comprar sua primeira casa própria e alerto desde já, que este mesmo valor de R$ 600,00, aplicado por 84 meses (sete anos) à 0,7% ao mês, ou seja, juros de uma poupança ou previdência privada, ao final deste período ela terá aproximadamente R$ 90.000,00 (Noventa Mil Reais).

Por isso a decisão de adquirir um carro próprio deve ser muito bem pensada, avaliando os prós e os contras e observando sempre se realmente se têm condições de arcar com esses custos. Na maioria das vezes a pessoa pode esperar um pouco mais antes de adquirir seu veiculo, formando uma boa reserva de dinheiro, que será fundamental no futuro de sua saúde financeira. A opção de adquirir um segundo veiculo deve ser também pensada, no caso de não ser extremamente necessária poderá ser descartada.

O proprietário de um veículo deve ter em mente que é fundamental evitar o uso do mesmo desnecessariamente, uma boa alternativa é revezar caronas ou mesmo utilizar o transporte público quando possível, além de economizar, você estará colaborando com o meio ambiente.

Caso o veiculo seja totalmente indispensável, algumas ações podem ser tomadas visando economizar seu dinheiro. O principal item é o combustível (que representa o maior custo de um veículo). Você deve desconfiar de preços muito baixos do combustível vendido. Nesses casos, você deverá pesquisar os postos credenciados e regularizados e que tenham testes de sua autenticidade, porém não se acomode com o posto escolhido, visto que poderá existir outros postos com a mesma qualidade e melhor preço, pesquise mensalmente este item de custo. Uma outra opção que tem sido muito praticada é a transformação do veículo para combustíveis alternativos como o GNV e o álcool.

Antes de sair com seu veículo da concessionária ou agencia, faça o seguro. Não se esquecendo de pesquisar entre as seguradoras, visto que existe uma grande flutuação de preços junto às mesmas, devido ao sinistro de cada uma delas. Também uma opção que vem crescendo no mercado de seguros são as empresas de proteção do veículo via satélite, que em alguns casos o investimento poderá ser a opção mais em conta.

Enfim, é muito bom ter um veículo, nos trás muita comodidade, entretanto é muito melhor termos o domínio de nosso dinheiro, sabendo que com ele você poderá realizar todos os seus sonhos. Basta que você saiba utilizar seu ganho, focando e materializando seus sonhos antes mesmo de gastar seu dinheiro, o sucesso financeiro deve-se principalmente pelo respeito que é dado a cada centavo que ganhamos, portanto, comece hoje a valorizar e traçar tudo aquilo que você deseja obter em sua vida.

 

Demonstrativo de custos de um veículo popular:

CORSA 96 – Valor do carro no mercado : R$ 9.848,50
Perfil proprietário:   22 anos – solteiro
Residência: Bairro de Santo Amaro – São Paulo – Capital
Descrição Mensal            [R$] Anual                 [R$]
IPVA + DPVAT  (anual 471,54) R$       39,30 R$    471,54
Licenciamento (anual: R$ 47,36) R$         3,95 R$      47,36
Seguro (7%) R$     150,00 R$ 1.800,00
Combustível (média mensal) R$     200,00 R$ 2.240,00
Manutenção trimestral – óleo/filtros – R$ 32,00 R$       10,67 R$    128,00
Pneus (troca a cada 30.000 Km) – troca a cada 2 anos R$       33,33 R$    400,00
Lavagem R$       20,00 R$    240,00
Estacionamento R$       80,00 R$    960,00
Depreciação 10% (anual: R$ 984,85) R$       82,07 R$    984,85
Multa de trânsito R$       13,75 R$    165,00
Total do gasto mensal R$     633,07 R$ 7.436,75
Fonte: www.disop.com.br

Fonte: http://gbolso.blogspot.com/2010/01/quando-vale-pena-ter-um-carro.html

Visite a Loja Virtual do Instituto DiSOP de Educação Financeira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo