Artigos

Renda Fixa ou Renda Variável?

Se você tem o hábito de poupar parte do dinheiro que passa pelas suas mãos, e está pensando em investir este dinheiro guardado, já deve ter ouvido falar em renda fixa e renda variável e qual é a diferença estre elas. Não? Pois então, vamos lá.

Renda Fixa é o tipo de investimento, onde o investidor, no momento de aplicar o dinheiro na Caderneta de Poupança ou em CDB (Certificado de Depósito Bancário), entre outros, sabe quanto vai receber no prazo final do investimento. O rendimento ou a forma de cálculá-lo é definida na hora da aplicação.

+ Baixe o eBook gratuito Investimento é a Melhor Jogada e entenda mais sobre o tema

Quanto à rentabilidade da aplicação, pode ser prefixada, onde sabemos exatamente qual será seu retorno no futuro (Exemplo: 8% ao ano), ou pós-fixada, quando conhecemos um índice no qual será calculada (Exemplo: uma taxa de inflação de determinado período, como o IPCA ou IGP/M). Neste último caso, para sabermos o valor exato da rentabilidade, é necessário que cheguemos ao final do período do investimento.

Ao investir em Renda Fixa, estamos emprestando dinheiro ao emissor do papel, que vai nos remunerar, pagando juros, até a data de vencimento desta aplicação.

Além da Caderneta de Poupança e CDB, podemos citar como investimentos em Renda Fixa, os Títulos Públicos (Tesouro Direto), as Letras de Câmbio, as Letras Hipotecárias, as Debêntures e Fundos de Renda Fixa.

No caso da Renda Variável, o rendimento é incerto, ou seja, a remuneração ou o retorno de capital, não pode ser definido no momento da aplicação. Esta é a principal diferença na aplicação em renda fixa ou variável, esta não garante uma rentabilidade, podendo até perder dinheiro.

Os investimentos em Renda Variável mais comuns são: ações, fundos de renda variável (fundo de ação, multimercado e outros), commodities (ouro, moedas e outros) e os derivativos (contratos negociados nas Bolsas de Valores, de Mercadorias e de Futuros).

Os investimentos em Renda Variável são considerados mais arriscados, do que os de Renda Fixa. Mas exatamente devido ao maior risco podem gerar maior rentabilidade. Risco e retorno caminham juntos no mundo dos investimentos : maior risco, possibilidade de maior retorno; menor risco, possibilidade de menor retorno.Ao escolher o tipo de investimento, tenha em mente : o objetivo do investimento e por quanto tempo você vai deixar o dinheiro aplicado. Para cada prazo, existe um ou mais tipos de investimentos, que podem fazer você chegar ao seu objetivo de forma eficiente.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo