Artigos

Sabedoria financeira para a vida

Há poucas semanas, foi lançado o meu livro Sabedoria Financeira (Editora Thomas Nelson em coedição com Editora DSOP). Nele, relaciono a educação financeira às questões religiosas, mostrando como passagens da Bíblia ensinam as pessoas a lidar com os recursos financeiros. A realidade é essa e, por isso, é preciso aprender para viver bem e realizar sonhos.

Um dos exemplos que podemos ver é o Evangelho de Mateus, que trata sobre temas como acúmulo de riquezas e endividamento. O livro sagrado, do começo ao fim, nos mostra que o objetivo maior é estar sempre em busca do Reino de Deus e a sua justiça, pois, assim, todas as outras coisas nos se­rão acrescentadas. Ou seja, se colocarmos Deus à frente de nossas vidas, Ele nos guiará para seguirmos o melhor caminho.

Então, se o Senhor nos deixou a sabedoria, por meio da Bíblia, para todas as questões existenciais, é de extrema importância que ajamos com consciência também quando o assunto for financeiro. Por isso, me orgulho de ter passado por situações, ao longo de minha vida, que me proporcionaram aprender a lidar com as finanças. E, a partir disso, consegui enxergar a dádiva e perceber que essa seria a minha missão: disseminar a educação financeira. Foi assim que desenvolvi a Metodologia DSOP, baseada nos pilares Diagnosticar, Sonhar, Orçar e Poupar.

Ao longo da minha carreira como educador financeiro, posso afirmar que o maior problema é o fato de as pessoas não respeitarem o dinheiro que ganham, não controlando seus ganhos e gastos e não sabendo para onde vai cada centavo dos seus recursos. Por esse motivo, acabam acreditando na ideia de que não ganham o suficiente para guardar dinheiro e pagar suas contas e não param para pensar que, na verdade, elas é que não sabem administrar suas próprias finanças.

O Senhor nos designou a viver uma vida digna na Terra, que nos preparará para viver a plenitu­de no seu Reino. Por isso, é desejo dEle que tenhamos a sabedoria para encararmos uma verdadeira mudança de hábitos, a fim de vivermos a nossa vida financeira com mais sustentabilidade.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo