Nesse último sábado (08), no Ginásio  Municipal Antônio de Castro Carvalho, em Casa Branca, no interior paulista, aconteceu a final do Campeonato Regional da Liga Feminina de Futsal Sub 13.

Após ter vencido o time de Caconde por 2×1 na semifinal, o TPM, patrocinado pela DSOP Educação Financeira, jogou contra a equipe da Prefeitura de São Sebastião do Paraíso, de Minas Gerais. O time visitante saiu na frente logo aos 4 minutos do primeiro tempo, com um gol da camisa 15, Julia Faleiros. Na volta do intervalo, o S.S. Paraíso ampliou o placar com mais um gol, aos 24 minutos do segundo tempo, da camisa 9, Adrielly de Paula. O TPM fez o seu gol de honra logo depois, aos 25 do segundo tempo, mas já era tarde e ficou com o vice-campeonato.

O time de futsal feminino é um projeto idealizado pela treinadora Ana Flávia Bossi, professora de Educação Física das escolas da região de Casa Branca, tendo o apoio do Programa de Apoio e Incentivo Educacional (Paiê).  Os times foram formados por jogadoras selecionadas ao longo do tempo pela professora nas escolas por onde passou e assim o futsal feminino na cidade foi reestruturado.

“Eu percebi que essas meninas tinham potencial e decidi iniciar esse projeto por conta própria. É um projeto pessoal, mas também social, pois a maioria das meninas moram em bairros de baixa renda. Além disso, faço questão de ajudar no dinheiro da passagem as que moram em bairros mais afastados”, conta a treinadora.

O TPM Sub 13 treina duas vezes por semana no Ginásio Municipal de Casa Branca e conta com o apoio da DSOP desde junho deste ano.

“Mesmo que o time não tenha levado o campeonato, o mais importante é ver que essas meninas estão fazendo o que gostam, apesar das dificuldades. Portanto, para a DSOP, e para mim pessoalmente, é uma grande satisfação poder incentivar o esporte na cidade em que nasci e cresci”, afirma o presidente Reinaldo Domingos.