Economia
Tendência

Pesquisa revela a maior preocupação do brasileiro: dinheiro

Uma pesquisa revela a maior preocupação do brasileiro: dinheiro! Isso mostra que não importa em qual situação financeira se encontra atualmente, nem o que faz ou deixa de fazer pessoal e profissionalmente, a grande maioria sofre pelo mesmo problema.

Por | Paulo Paquera

Uma pesquisa elaborada pela Fintech Onze, para o portal G1, revelou que mais de 74% dos brasileiros têm o dinheiro como a maior preocupação.

A fonte de dados da pesquisa conta com as respostas de mais 1.603 trabalhadores assalariados pelo regime CLT, o que torna o resultado ainda mais preocupante, se levarmos em consideração que os profissionais liberais tendem a ter uma renda mensal mais elevada.

Quando o assunto dinheiro é abordado, uma das dificuldades mais apresentadas é o planejamento e a consolidação de uma reserva financeira saudável.

Somente 17% dos entrevistados têm condições financeiras e estratégicas de cobrir todos os gastos mensais e ainda assim conseguir poupar algum valor.

Em contrapartida, temos ainda dois grupos, onde um consegue cobrir todas as despesas, porém, não há sobras.

E por fim, o grupo mais preocupante para a sociedade como um todo, que confidenciaram que os gastos são superiores aos recebíveis.

Sendo assim, dentro do universo da Educação Financeira podemos classificar esses três grupos como Investidores, equilibrados e endividados ou superendividados.

O que são esses grupos?

A pesquisa apresentada no começo do artigo revela a fragilidade da nossa sociedade em relação ao comportamento financeiro, segmentando os cidadãos em grupos de perfis que condizem com sua realidade monetária. Veja:

Perfil investidor:

Alcançar a posição de investidor quer dizer que sua vida financeira está indo bem, onde você consegue manter seu padrão de vida, ganhando mais dinheiro do que gastando e isso o coloca neste patamar econômico.

Já que, além de conseguir se manter e viver bem, ainda consegue aplicar recursos pensando em gerar ainda mais recursos. É um hábito vicioso – no bom sentido –, que o fará crescer cada vez mais, praticamente extinguindo a possibilidade de descer desse patamar.   

Perfil equilibrado:

O perfil equilibrado, como o próprio nome já diz, mostra que você está “equilibrando bem os pratos”, ao estilo dos melhores malabaristas.

Você não tem problemas financeiros sérios, já que suas dívidas estão controladas e as contas todas em dias.

Você consegue ter e manter uma reserva financeira saudável, para eventuais imprevistos, porém, não consegue o recurso necessário para investir e subir o degrau para considerar-se um investidor.  

Perfil endividado:

Podemos considerar que este é o perfil mais comum dentre os brasileiros, já que, grande parte da nossa sociedade enfrenta problemas e preocupações financeiras, certo?

Porém, um segredo bem legal é que: estar endividado não é ruim, desde que consiga honrar com os valores todos os meses.

Quando estamos em uma situação endividada, quer dizer que está pagando seu cartão de crédito, as parcelas do carro e as prestações do seu financiamento imobiliário, está realizando alguns sonhos, porém, não sobra nada para reserva ou investimento.  

Perfil superendividado:

Mas todo o problema mora neste grupo, o dos superendividados, onde as dívidas já passaram ao patamar de inadimplência.

As dívidas são uma extensão da sua capacidade aquisitiva, entretanto, se não conseguir honrar com esses compromissos, você passa a sofrer as consequências, como por exemplo: ficar com o nome sujo.

O que isso representa, na prática? Além de pagar taxas de juros altíssimas para pagar suas dívidas, você terá seu score reduzido, te impossibilitando de adquirir novos empréstimos e financiamentos, independentemente do valor.

Ou seja, você fica marcado no mercado como mau pagador.

A parte boa deste grupo, é que só tem um caminho para ser seguido – caso queira realmente mudar de vida, claro –, para cima!

Pesquisa revela a maior preocupação do brasileiro: dinheiro… você faz parte das pessoas que têm essa mesma preocupação?

Gostou do artigo? Que tal seguir sua leitura, aprendendo alguns passos para ter uma renda extra e atingir seu perfil investidor?+ Conheça 7 ideias para ganhar dinheiro extra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo